Conhece as 8 placas gráficas mais potentes em 2019

Pedro Ferreira

Todos os anos são apresentadas novas placas gráficas (GPU), e parece não haver limites para a sua potência. Não importa o tipo de jogos que gostas, com estas gráficas vais jogar tudo!

Tudo se resume a desempenho e potência, claro que todos os componentes do computadores são importantes, mas a placa gráfica é um dos elementos principais e dos mais dispendiosos. Iremos apresentar alguns dos seus recursos e o seu desempenho, para que conheças estes pequenos "monstros" gráficos.

Mais memória GDDR6 - PNY NVIDIA RTX6000 24GB

placa gráfica

  • CUDA cores: 4608
  • Chip gráfico: QUADRO RTX 6000
  • Memória: 24 GB GDDR6

Ideal para editores permite trabalhar conteúdo HDR e até 8K de resolução. Animadores podem criar simulações complexas e efeitos visuais interativos como nunca antes, graças ao poderoso processador gráfico.

Sendo uma placa de dois slots, a NVIDIA Quadro RTX 6000 consome energia de 2 pinos de 8 pinos, com consumo de energia classificado em 260 W no máximo. A Quadro RTX 6000 possui uma solução de refrigeração que ocupa dois slots.

Capaz de correr qualquer jogo da atualidade, não é isso que a distingue, e por isso a torna menos conhecida. São modelos que são lançados pela NVIDIA para developers gráficos e computação avançada.

Está disponível a partir de 4808€.

Mais memória GDDR5X - PNY NVIDIA Quadro P6000 24GB

placa gráfica

  • CUDA cores: 3,840
  • Chip gráfico: QUADRO 6000
  • Memória: 24 GB GDDR5X

Combina o processador Pascal com 3840 CUDA cores, 24GB GDDR5X e tecnologia de topo. A placa gráfica P6000 é desenhada para fornecer a melhor experiência em VR.

Ideal para editores permite trabalhar conteúdo HDR e até 8K de resolução. Animadores podem criar simulações complexas e efeitos visuais interativos como nunca antes, graças ao poderoso processador gráfico.

Não é uma gráfica para todos, é uma ferramenta profissional, muito poderosa e que permite criar vários ambientes de trabalho numa máquina.

Capaz de correr qualquer jogo da atualidade, não é isso que a distingue, e por isso a torna menos conhecida. São modelos que são lançados pela NVIDIA para developers gráficos e computação avançada.

Está disponível a partir de 5370€.

Melhor experiência gaming 4K - Nvidia GeForce RTX 2080 Ti

melhores placas graficas

  • CUDA Cores: 4,352
  • Clock: 1.350MHz
  • Boost Clock: 1,545MHz
  • GFLOPS: 13,448
  • Memória: 11GB GDDR6

É a GPU mais recente e mais potente do mercado, e é também muito otimizada a nível energético. O Turing (TU102) é 60% superior ao antigo modelo, 1080 Ti. Adicionaram mais CUDA cores, e a Nvidia não parou por aí, e consegue inserir mais núcleos Tensor para ajudar a “acelerar” algoritmos profundo como o DLSS, e ainda núcleos RT para melhoria na leitura e escrita de raios (Ray Tracing).

Há muitas outras melhorias nesta nova arquitetura Nvidia, para ti que procuras o melhor, este é o novo modelo que deves adquirir ou ter em conta. É sem duvida o suprasumo da tecnologia gráfica.

Está disponível a partir de 1168.

Melhor experiência VR - Nvidia GeForce RTX 2080

melhores placas graficas

  • CUDA Cores: 2.944
  • Clock: 1.515MHz
  • Boost Clock: 1,710MHz
  • GFLOPS: 10,068
  • Memória: 8GB GDDR6

Claro que a RTX 2080 Ti é a placa gráfica mais rápida e tem todos os recursos necessários para ser a melhor, o problema é o seu preço. Ao analisarmos a RTX 2080, sabes que o seu desempenho é excelente, e ainda consegue ser superior ao seu antecessor, GTX 1080 Ti.

Inclui a mesma tecnologia do modelo “Ti”, leitura e escrita de raios (Ray Tracing) e recursos de aprendizagem profunda (DLSS). O maior problema, faltam títulos de jogos que permitam efeitos com RT (raios) e DLSS. Devem começar a chegar no próximo mês, foram anunciadas atualizações para Shadow of the Tomb Raider e Battlefield 5.

Está disponível a partir de 689.

Para os mais criativos - AMD Radeon VII

melhores placas graficas

  • Stream Cores: 3.840
  • Clock: 1.400MHz
  • Boost Clock: 1,750MHz
  • GFLOPS: 13,440
  • Memória: 16GB HBM2

A Radeon VII é uma excelente GPU para criação de conteúdo e os jogos são a sua tarefa secundária, graças aos 16GB de HBM2 e 1TB/s de largura de banda da memória. É também o primeiro GPU de 7nm no mundo, com isto a AMD reduziu o tamanho do processador da anterior versão, Vega 64, e conseguiu aumentar o desempenho.

Se queres a melhor gráfica, o melhor é escolheres a RTX 2080. Ela supera a Radeon VII em cerca de 10% e faz isso com menos consumo energético. No entanto, o preço que poderá apoiar a AMD, e alguns jogadores poderão seguir esse caminho.

O fornecimento da Radeon VII não foi feito em grande escala, pelo menos para já, mas esperamos que isso mude. Se procuras apoiar a Team Red, este é o melhor modelo para o fazeres, ficarás muito bem servido.

Está disponível a partir de 749.

Melhor preço gaming QHD (1440p) - Nvidia GeForce RTX 2070

melhores placas graficas

  • CUDA Cores: 2.304
  • Clock: 1.410MHz
  • Boost Clock: 1,620MHz
  • GFLOPS: 7,465
  • Memória: 8GB GDDR6

A RTX 2070 da Nvidia, a terceira GPU com Turing e a mais acessível. Este modelo é mais lenta que a geração anterior, a 1080 Ti, pelo menos em jogos que não suportam DLSS. O que poderá mudar muito em breve com futuras atualizações.

A RTX 2070 assume o lugar da anterior GTX 1080. Oferece um desempenho ligeiramente melhor pelo mesmo preço, e tal como a restante gama RTX, apresenta os novos núcleos Tensor e RT.

A Gigabyte 2070 Windforce e o Asus 2070 Turbo são mais duas opções a serem consideradas. Embora maior parte dos modelos permitam os mesmos valores de overclock destes dois modelos apresentados.

Está disponível a partir de 505.

Gaming QHD (1440p) - AMD Radeon RX Vega 56 8GB

melhores placas gráficas

  • Stream Cores: 3.584
  • Clock: 1.156MHz
  • Boost Clock: 1,471MHz
  • GFLOPS: 10,554
  • Memória: 8GB HBM2

Muitas vezes lidera os títulos que incluem DirectX 12, e normalmente, os preços são mais acessíveis. A RX Vega 56 tem uma oferta de preço brutal, e geralmente será capaz de correr títulos conhecidos em 1440p e alguns jogos em 4K.

A sua maior fraqueza, a eficiência energética. A Vega 56 geralmente usa tanta energia quanto uma GTX 1080 Ti, mas com um desempenho semelhante à nova RTX 2060. Mais potência na GPU significa mais potência dispensada pela nossa fonte de alimentação.

Queremos um concorrente da gama RTX, por parte da AMD, mas infelizmente ainda teremos que esperar. Até à chegada da tecnologia Navi da AMD, anunciada para o final de 2019, a Vega 56 continua a ser uma boa opção.

Está disponível a partir de 325.

Melhor experiência gaming Full HD (1080p) - Nvidia GeForce RTX 2060

melhores placas gráficas

  • CUDA Cores: 1.920
  • Clock: 1.410MHz
  • Boost Clock: 1,680MHz
  • GFLOPS: 6,454
  • Memória: 6GB GDDR6

A melhor placa gráfica para uma experiência gaming em 1080p. Para isso tivemos atenção ao desempenho, ao preço e o hardware. Existem muitas placas gráficas excelentes, mas a RTX 2060 da Nvidia é provavelmente a melhor opção, pois oferece um desempenho praticamente igual ao da GTX 1070 Ti, com um preço mais baixo. Além disso, inclui todos os novos recursos RTX.

Se a tua ideia é jogar em 1080p e juntar um monitor de 144Hz, a RTX 2060 tem capacidade para suportar a maioria dos jogos, perto da alta ou ultra qualidade. A única GPU que ameaça a sua relação preço/qualidade é a GTX 1660 Ti.

Está disponível a partir de 345.

Nvidia ou AMD?

A Nvidia fica com os melhores lugares em performance, mas a nova Radeon VII é uma ótima alternativa, com um desempenho superior à RTX 2070. Infelizmente a AMD, ainda precisa de trabalhar “mais” e “melhor” para competir com a Nvidia, na gama de top performance.

Não precisas de comprar uma gráfica de topo, para obter um bom desempenho, já que existem opções bem viáveis, como te mostramos acima. O importante é saberes os teus requisitos, se precisas de jogar em 4K, 1440p, ou a 1080p. Após isso é encontrar o melhor modelo para ti!

Conselhos para escolheres a placa gráfica certa

Escolhe a placa gráfica em função do teu perfil de utilizador/jogador, pois adquirir um modelo mais poderoso do que realmente precisas irá trazer um gasto adicional que porventura não é necessário.

  • Verifica bem as compatibilidades. Não só em termos de dimensões físicas, também ao nível da interface da motherboard em que encaixa a gráfica e até do tipo de ligação que contas usar com o computador depois do upgrade.
  • Atenção à fonte de alimentação: é necessário que esta disponibilize ligações de energia suficientes e já a contar com um eventual aumento trazido por uma placa gráfica mais poderosa e exigente a nível energético.
  • Antes de começares a jogar com a nova gráfica, não esqueças a instalação dos drivers mais recentes para o modelo em causa. Estão disponíveis para download no site da marca ou da fabricante do chip gráfico em causa.

Precauções na instalação da placa gráfica

Vais proceder ao upgrade sozinho e com base na tua experiência em computadores e hardware? Segue as próximas dicas, mesmo que já tenhas feito algo do género antes.Se sentes que não és capaz, pede ajuda a um amigo mais experiente ou a um técnico especializado.

  • O primeiro passo será sempre abrir a caixa do computador, efetuar uma limpeza rápida e encontrar/localizar o espaço necessário para a instalação da placa gráfica. Verifica se na parte posterior da caixa existe a slot (ou slots) certas disponíveis.
  • Retirar a placa gráfica antiga não é difícil, desde que libertes e alivies o mecanismo de retenção da mesma. O encaixa da nova deve ser suave, sem forçar, e de forma a que o mesmo mecanismo fique na posição correta.
  • Por fim, é vital não esquecer todas as ligações que a placa gráfica exige. Não falamos da ligação de encaixe na motherboard, mas sim das ligações dos cabos de energia que vêm da fonte de alimentação, que podem ser mais do que um, dependendo do modelo e da exigência energética do componente.

Para que a gráfica tenha um desempenho de topo, o processador é uma peça fundamental. Conhece os melhores processadores para PC para diferentes utilizadores, se és fã de computadores portáteis também temos a lista das melhores placas gráficas para portátil.

Pedro Ferreira
Pedro Ferreira
O amor pela tecnologia e gaming surgiu quando recebeu o primeiro computador em 2001. Concluiu o curso Tecnológico de Informática e ingressou na Worten com a especialidade de Áudio e Imagem, HI-FI. Gosto que se desenvolveu em conjunto com a tecnologia e que perdura até aos dias de hoje!