Peugeot 408: abriram as encomendas em Portugal e estes são os preços

Bruno Coelho
Comentar

A Peugeot apresentou, por estes dias, o primeiro automóvel do seu género na história da marca. O novo Peugeot 408 é uma proposta inesperada porque é diferente e com a qual a marca quer demonstrar a criatividade e inovação das suas equipas. Este oferece uma nova silhueta fastback, no topo do segmento médio.

Este chega com “uma postura felina, a excelência de engenharia centrada na eficiência e eletrificação inteligente, bem como as emoções proporcionadas pelas tecnologias de vanguarda dedicadas ao prazer de condução e a uma utilização instintiva”. Os preços para Portugal já foram revelados.

No final do ano começam a chegar ao nosso país as primeiras unidades do 408. As pré-encomendas já se iniciaram, e os preços dos fastback começam nos 35 800 €. As motorizações híbridas plug-in estão disponíveis a partir de 44 600 €.

Peugeot 408

Preços do novo Peugeot 408 em Portugal

  • Allure A1.2 PureTech 130 cv EAT8 - 35 800 €
  • Allure Plug-in Hybrid 180 cv e-EAT8 - 44 600 €
  • Allure Pack 1.2 PureTech 130 cv EAT8 - 37 450 €
  • Allure Pack Plug-in Hybrid 180 cv e-EAT8 - 45 850 €
  • Allure Pack Plug-in Hybrid 225 cv e-EAT8 - 47 350 €
  • GT 1.2 PureTech 130 cv EAT8 - 40 250 €
  • GT Plug-in Hybrid 180 cv e-EAT8 - 48 650 €
  • GT Plug-in Hybrid 225 cv e-EAT8 - 50 150 €

O i-Cockpit do Peugeot 408

No habitáculo, o Peugeot i-Cockpit desempenha um papel essencial na experiência de condução do novo fastback da Peugeot. Este estabelece novos padrões em termos de ergonomia, qualidade, praticidade e tecnologia com um novo sistema de infotainment, o Peugeot i-Connect.

Peugeot 408

Os dois motores híbridos plug-in do Peugeot 408

  • PLUG-IN HYBRID 225 e-EAT8: tração dianteira / combinação de um motor PureTech de 180 cv (132 kW) e um motor elétrico de 81 kW acoplado à caixa automática de 8 velocidades e-EAT8 / apresenta, em ciclo combinado WLTP, um consumo mínimo de 1,2 l/100 km e emissões de CO2 a partir de 24 g.
  • PLUG-IN HYBRID 180 e-EAT8: tração dianteira / combinação de um motor PureTech de 150 cv (110 kW) e um motor elétrico de 81 kW acoplado à caixa automática e-EAT8 de 8 velocidades / apresenta, em ciclo combinado WLTP, um consumo mínimo de 1,0 l/100 km e emissões de CO2 a partir de 24 g.

Em ambas as versões podes contar com uma bateria de 12 kWh e potência de 102 kW. Podes optar por um carregador monofásico de 3,7 kW proposto de série e um carregador monofásico de 7,4 kW disponível como opcional.

Peugeot 408

Adicionalmente, está disponível um motor de combustão interna a gasolina, o bloco de três cilindros 1,2 litros PureTech com 130 cv. Este encontra-se acoplado à caixa automática EAT8 de 8 velocidades e a um sistema Start & Stop.

Motorização 100% elétrica do Peugeot 408 será lançada em Portugal no futuro

De realçar que esta versão apresenta, em ciclo combinado WLTP, um consumo mínimo de 5,9 l/100 km e emissões de CO2 a partir de 133 g. Está previsto o lançamento do Peugeot 408 com uma motorização 100% elétrica.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt