cybercrime

Nos dias que correm as redes sociais desempenham um papel muito relevante nas nossas vidas. É através destas plataformas que muitos comunicam com os seu amigos mais distantes geograficamente, outros utilizam-nas como meio para se atualizarem do que se vai passando por esse mundo fora, outros expõem quase toda a sua vida nelas, desde o que e onde comem, e outros apenas para matarem o tempo. Como vês, são vários os usos que podes dar ao teu Facebook, Twitter, Instagram e outros, mas há também que ser seletivo na informação e não acreditar em tudo o que se vê e lê por lá.

Como em todos os ramos da vida, onde existe uma grande afluência de pessoas, há sempre espaço para os mais astutos criarem os seus próprios esquemas, uns mais nocivos do que outros. Portanto, as redes sociais são atualmente uma plataforma muito apetecível para estes vigaristas, que em última instância são pessoas inteligentes e que te sabem manipular com ofertas e produtos verdadeiramente tentadores. E o mundo da tecnologia não poderia ficar de fora. Antes de continuar, quero frisar aqui que este é um mero artigo pessoal, de consciencialização para todos os nossos leitores, e que me senti impelido a fazer depois de me deparar com situações idênticas.

   

Depois de uma data muito propícia ao consumismo, como o caso da Black Friday que aconteceu na passada sexta-feira, podem ser muitas as páginas que correm pelas redes sociais com ofertas verdadeiramente tentadoras. Equipamentos topo de gama com preços que não estão ao alcance de qualquer um, em estilo de sorteio e com a utilização do nome de lojas de renome nacional e internacional, não faltam por estes dias. E o mais assustador é que a popularidade destas mesmas páginas têm crescido exponencialmente, provando a minha afirmação de que quem dá o mote a estes esquemas sabe perfeitamente como captar a tua atenção.

hacker img

Ora, para estas pessoas que têm ido na “cantiga do bandido” vou ser muito claro e direto: é tudo uma fantochada. E a forma abrupta como a popularidade destas páginas cresce é um sinal claro de que algo não está certo. Agora eu pergunto-te: alguma vez viste uma grande cadeia de lojas tecnológicas nacionais fazer alguma tipo deste sorteio nas suas lojas? Por que razão haveriam elas de recorrer ao Facebook, por exemplo, para tal? Quanto mais em produtos que não necessitam deste tipo de publicidade para se venderem.

Ultrapassado que está o tema das ofertas, vamos agora falar um pouco daqueles negócios verdadeiramente tentadores, onde chegas até a encontrar um certo produto cerca de 70% mais barato do que o seu preço de venda catalogado. Também existe este tipo de páginas nas redes sociais, pessoas que alegam ser vendedoras de produtos com grande procura no mercado, por preços absurdos.

hacker sit in car with his laptop closeup

Claro que ao veres um equipamento com preço de venda ao público, em qualquer loja, de 700€ a ser vendido por uns meros 100€, quem não se sentiria tentado a comprar? Mais ainda quando ao darmos uma olhada por essas mesmas páginas vemos pessoas a dar um feedback positivo a estes supostos vendedores de materiais. Aqui podemos aplicar na perfeição o velho ditado “quando a esmola é grande, o pobre desconfia”.

Se alguma vez te deparares com uma situação semelhante, aconselho-te a fazer duas coisas: primeiro pede opinião a alguém da tua confiança e que nunca seria capaz de te enganar; segundo, confronta o suposto vendedor com as tuas legitimas dúvidas antes de lhe dares qualquer dado teu para que se proceda ao negócio. Certamente que mais cedo ou mais tarde, ele acabará por se revelar.


Estes são apenas alguns exemplos dos esquemas que proliferam por estes dias nas mais variadas redes sociais e que podem levar a que os mais desatentos caiam neles. Normalmente os negócios legítimos publicitados via Facebook ou outra rede social, levam-nos para o site oficial desse mesmo promotor e aí sim, serão acertados todos os pormenores relativos ao negócio em questão.

Talvez queiras ver:

Suposto Nokia Pixel é na realidade uma versão alterada do Nokia X2

Meizu vai apresentar 3 novos smartphones já no próximo dia 30

Motorola Moto M já está disponível em mais mercados, Europa e Brasil em breve?

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.