Oppo patenteia uma ideia no mínimo estranha para um ecrã secundário

Carlos Oliveira

São várias as empresas que patenteiam diferentes abordagens para eventuais smartphones. No entanto, dificilmente verás uma tão estranha como esta. A chinesa Oppo patenteou um segundo ecrã num sistema pop-up.

Os sistemas pop-up têm-se popularizado no mercado afim de incorporarem a câmara frontal dos smartphones. Assim sendo, a Oppo pegou nesta ideia e decidiu incorporar um ecrã secundário nesse mecanismo.

Oppo screen pop-up

A publicação LetsGoDigital foi quem descobriu esta patente e, em seguida, criou o render que podes ver acima. Este seria o aspeto final da estranha ideia que a empresa chinesa acabou por patentear junto das entidades competentes.

Oppo patenteia duas abordagens diferentes para a inclusão de um ecrã secundário

Esta patente é ainda mais estranha quando constatamos a presença da câmara frontal do dispositivo na sua margem superior. Seja porque razão for, a chinesa achou mais pertinente incorporar um ecrã secundário num mecanismo pop-up do que reduzir ao máximo as margens do smartphone.

Não se ficando por aqui, a Oppo patenteou ainda um ecrã secundário num sistema slide lateral. Ou seja, esse ecrã sairia da parte lateral do equipamento, tal como vimos no Nokia C6, por exemplo, mas para o seu teclado.

Oppo side screen

Em todo o caso, esta ideia é mais plausível do que a primeira. Esta poderia ser útil num smartphone gaming, onde os controlos poderiam ser apresentados no ecrã secundário e o jogo no ecrã principal.

Em momento algum isto é significado de que a Oppo venha a lançar estes equipamentos para o mercado. Como várias vezes o dizemos, o registo de uma patente não significa que esta venha a dar frutos no mercado.

Em todo o caso, por algum motivo os engenheiros da Oppo acharam que estas ideias poderiam vir a ser vantajosas para o portefólio da empresa. Será que algum dia estas patentes resultarão num smartphone real? Em caso afirmativo, fico curioso por saber, acima de tudo, quais as suas fundamentações.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.