OnePlus produzirá os seus smartphones na Índia, tal como a Xiaomi

Rui Bacelar
OnePlus smartphone Android Xiaomi
A fabricante chinesa poderá mudar as suas linhas de produção para a Índia. @androidpit

Estará a fabricante chinesa, OnePlus, a planear uma investida contra a atual líder de mercado na Índia, a Xiaomi? Segundo nos conta a imprensa internacional, a OnePlus estará a planear uma nova localização das suas linhas de produção. O objectivo? Tal como a Xiaomi antes de si, a OnePlus poderá apostar nos smartphones “Make in India”.

A informação terá sido avançada pelo diretor geral da OnePlus na Índia, o senhor Vikas Agarwal. Em declarações ao The Economic Times, Vikas revelou que a empresa chinesa estava atualmente a negociar o fornecimento de componentes com várias empresas locais. O objectivo último passaria por deslocar algumas das linhas de produção para a Índia para que os smartphones da marca passem a ser mais..."indianos".

Vê ainda: Xiaomi Mi Mix 2S: Detalhes das especificações já são conhecidos

Estratégia que já surtiu bons efeitos e proveitos para a Xiaomi. Também esta outrora pequena marca e fabricante de dispositivos móveis optou por construir alguns modelos na Índia. Tudo isto para que a pouco e pouco os seus produtos sejam associados pelos consumidores ao desenvolvimento do país.

E ao passo que em Portugal vestimos os smartphones de cortiça, na Índia a OnePlus poderá implementar linhas completas de produção. Não só o exterior mas todo o processo de montagem e construção dos próximos smartphones Android desta marca. A media foi bastante acalentada pelo diretor geral da marca.

OnePlus, tal como a Xiaomi, olha seriamente para Índia

Esta estratégia poderá encorajar mais empresas a investir na Índia e, por sua vez, os consumidores saberão que, tal como a Xiaomi, a OnePlus estaria a ajudar o país a crescer. Desta forma, caso as negociações corram pelo melhor, a marca encarará a Índia como uma das suas próximas grandes apostas. Não só pelo marketing ou pelas edições especiais e pela aposta nos pontos de venda online mas também na produção de novos smartphones e criação de postos de trabalho.

OnePlus 5T Xiaomi smartphones Android
A produção de smartphones passará também pelo mercado norte-americana.

O país poderá tornar-se, gradualmente, no próximo grande centro de produção de dispositivos eletrónicos. Neste momento, segundo os dados da IDC a Índia já é o segundo maior mercado mundial de dispositivos móveis. Mercado que no último trimestre de 2017 passou a ser dominado pela Xiaomi, dados da agência Canalys.

Tal como a Xiaomi, a OnePlus aposta na Índia

Para os consumidores indianos isto resultará em smartphones mais económicos uma vez que as taxas de importação serão seriamente reduzidas. Aliás, segundo revela o próprio Agarwal, a OnePlus já está a montar alguns smartphones nesse país, tal como a Xiaomi, para evitar as taxas de importação de componentes e outros encargos fiscais.

Neste momento a importação de smartphones é sujeita a uma taxa de 20% do seu valor (preço de venda ao público). Todavia, os dispositivos topo de gama de grande parte das marcas nunca chegam a ser suficientemente populares para que as marcas invistam em linhas de produção em solo indiano.

Ao tomar tal posição, seguirão o exemplo da Xiaomi que continua a dar resposta a um mercado ávido por novos smartphones e dispositivos móveis. Ao produzir localmente os seus smartphones a OnePlus também os poderia vender a preços ainda mais competitivos nesse que é o 2º maior mercado mundial.

O próximo OnePlus 6 deverá ser apresentado pela marca de Pete Lau e Carl Pei em maio.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android. Huawei P20 Lite pode chegar com outro nome em alguns países

Gmail Go chega à Google Play Store – descarrega aqui a APK

Galaxy S9, Nokia 9 e WIKO. O que esperar da MWC 2018?

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).