OnePlus Nord Buds: auriculares Bluetooth baratos apanhados antes do lançamento

Bruno Coelho
Comentar

A linha Nord trouxe para o mercado smartphones de gama-média da OnePlus. E além de smartphones, a fabricante chinesa prepara-se para adicionar ao seu espólio uns auriculares Bluetooth.

Os denominados OnePlus Nord Buds foram por estes dias certificados na entidade reguladora FCC. E esta certificação chega acompanhada por fotografias que revelam várias detalhes sobre os auriculares.

OnePlus Nord Buds na FCC
OnePlus Nord Buds na FCC

Como podes ver, os auriculares terão a zona circular e sensível toque que vai descansar no teu ouvido. À parte isso, terão uma aste plana, com um design decididamente diferente do que estamos habituados a ver.

Noutra das imagens ficamos também a saber com parte do que podemos contar na embalagem destes auriculares Bluetooth. Além dos auriculares, temos um estojo de carregamento oval e um cabo de carregamento USB-A para USB-C vermelho e branco.

OnePlus Nord Buds na FCC
OnePlus Nord Buds na FCC

OnePlus Nord Buds com bateria de 480 mAh (caixa) e 81 mAh (auriculares)

Outra revelação é a capacidade da bateria dos auriculares. A certificação da FCC confirma que terão 480 mAh no estojo de carregamento e 41 mAh nos auriculares. Resta saber em como isso se vai traduzir em horas de reprodução.

Nestas fotografias, os OnePlus Nord Buds aparecem na cor preta. Mas é de esperar que a marca lance também o produto noutra opção como, por exemplo, a cor branca. Seria também interessante vê-los em azul, a cor mais associada à linha Nord.

Renderizações dos OnePlus Nord Buds. Crédito: OnLeaks
Renderizações dos OnePlus Nord Buds. Crédito: OnLeaks

Recorde-se que os OnePlus Buds Pro custam 149 €, e os OnePlus Buds Z2 são vendidos no mercado por 99 €. Tendo em conta que os Nord Buds serão de gama baixa, é de esperar um preço inferior.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.