OnePlus 9 RT chega em outubro, mas não o poderás comprar

Carlos Oliveira
117 comentários

Um novo relatório da publicação Android Central afirma que a OnePlus vai afinal apresentar um novo smartphone em outubro próximo. Será o OnePlus 9 RT, o sucessor do OnePlus 9R, porém, terá uma disponibilidade limitada.

Este rumor assume maior relevância após termos ficado a saber que a empresa não irá lançar um OnePlus 9T no outono. Será a primeira vez em cinco anos que a tecnológica chinesa não lança dois topos de gama no mesmo ano.

OnePlus 9 RT será exclusivo da Índia e China

Este novo equipamento vem suceder ao OnePlus 9R lançado aquando dos topos de gama OnePlus 9 e 9 Pro. Trata-se de um equipamento quase topo de gama - equipado com um Snapdragon 870 -, com um preço mais acessível e uma disponibilidade limitada.

OnePlus 9R

Esta filosofia será replicada no lançamento do OnePlus 9 RT em outubro próximo. Conforme as fontes da Android Central, será uma evolução incremental do modelo lançado na primavera podendo, no entanto, destacar-se por ser o primeiro a usar a interface OxygenOS 12.

Com efeito, espera-se que o OnePlus 9 RT venha equipado com um Snapdragon 870. É o mesmo processador usado no modelo original, por isso, não será por esta via que assistiremos a uma evolução.

O ecrã do OnePlus 9 RT contará novamente com uma taxa de atualização de 120Hz. Também a sua bateria será novamente de 4500mAh, logo, espera-se que mantenha os 65W de velocidade de carregamento.

Posto isto, será na câmara que o OnePlus 9 RT apresentará valor acrescentado face ao modelo que o antecede. Desta feita, a OnePlus optará por uma lente de 50 MP. Em boa verdade, será o mesmo sensor da objetiva grande angular dos OnePlus 9.

Conclui-se que este equipamento será concebido para melhorar o desempenho fotográfico do seu antecessor. Assim sendo, poderia ser interessante para mais consumidores que quisessem uma melhor câmara num equipamento mais acessível.

Mesmo que o OnePlus 9 RT possa apresentar algum motivo de interesse para ti, lamentamos informar que não o poderás adquirir. Isto porque as fontes apontam para uma exclusividade indiana e chinesa.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.