OnePlus 10T falha teste de resistência e parte-se em dois tal como o OnePlus 10 Pro

Mónica Marques
Comentar

Os smartphones querem-se resistentes a qualquer tipo de aventura ou acidente que aconteça no dia a dia, mas por vezes, são mais frágeis do que aparentam.

O OnePlus 10T foi submetido a um teste de resistência e chumbou, tal como o seu congénere 10 Pro, partiu-se em dois.

OnePlus 10T parte-se em dois pela câmara, tal como OnePlus 10 Pro

O OnePlus 10T tem chegada prevista no final do mês de agosto e será disponibilizado por preços a começar nos 699 euros. Por outras palavras, trata-se de um investimento relevante numa época pós-férias que é necessário avaliar.

Conta com especificações interessantes, mas parece que a sua resistência estrutural tem espaço para melhorar. Pelo menos, é essa a indicação que o teste de resistência feito pelo youtuber JerryRigEverythin dá.

Num vídeo com a duração de seis minutos, o youtuber submete o novo smartphone OnePlus a várias situações que fazem arrepiar qualquer utilizador de smartphone, desde riscá-lo com um canivete até acender um isqueiro junto do ecrã.

Nos primeiros minutos, o OnePlus 10T é um herói que supera as provações mais difíceis, mas chegado ao designado teste de curva, no qual o youtuber força o terminal a dobrar, chumba partindo-se em dois, pela câmara.

O mesmo já tinha acontecido ao modelo OnePlus 10 Pro que foi igualmente submetido ao mesmo teste de curva feito pelo mesmo youtuber. JerryRigEverything atribui a responsabilidade deste chumbo a um ponto estrutural de falha por baixo do módulo de câmara, o que significa que de um modelo para o outro a OnePlus não corrigiu o problema.

Mas saliente-se que o OnePlus 10T, apesar de ficar totalmente destruído no fim do vídeo, sobreviveu aos testes de fogo do ecrã que não mostraram qualquer marca permanente no ecrã OLED.

Especificações OnePlus 10T

Tal como já dissemos, o OnePlus 10T vai chegar ao mercado no final de agosto por um custo a começar nos 699 euros. O modelo conta com o processador Snapdragon 8+ Gen 1 emparelhado com de até 16 GB de memória RAM LPDDR5 e armazenamento interno UFS 3.1 de até 256 GB.

Mas o destaque vai diretamente para a bateria de 4.800 mAh, equipada com duas células de 2.400 mAh, com suporte para carregamento rápido SuperVocc de 150 watts. De acordo com a marca, os primeiros minutos de carregamento são cruciais e, por essa razão, o sistema foi otimizado para carregar 28% da bateria em apenas três minutos, de forma a evitar o problema de “ansiedade”.

A marca integrou também “novos truques” para manter o OnePlus 10T a uma temperatura razoável. Nesse sentido, o modelo está equipado com a segunda geração do Cooling System, baseado numa câmara de vapor mais fina, e que é capaz de dissipar o calor duas vezes mais rápido. Por sua vez, o sistema Cryo Velocity, recorrendo a vários materiais, reduz o calor em 5% em apenas um minuto.

O modelo está igualmente equipado com um ecrã AMOLED de 6,7 polegadas que fornece uma resolução de 2412x1080 pixéis, uma taxa de atualização de 120 Hz e, pelo vistos, resistência ao fogo.

De resto, na parte ótica conta com uma configuração de câmara traseira tripla com um sensor primário de 50 megapixéis com estabilização ótica de imagem, um ultrawide de oito megapixéis e ainda um sensor macro com dois megapixéis de resolução.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.