Oficial: Xiaomi Redmi Note 11 já tem data de apresentação (e design confirmado)

Bruno Coelho
Comentar

Os rumores e fugas de informação eram vários nas últimas semanas, e costuma dizer-se que onde há fumo, há fogo. A Xiaomi já confirmou a data de apresentação dos Redmi Note 11 para o próximo dia 28 de outubro.

Num cartaz publicado na rede social Weibo, a Xiaomi confirma não só a data, mas também o design do Redmi Note 11 Pro. E torna-se difícil não nos lembrarmos dos iPhone mais recentes quando vemos as margens retas.

Primeiro cartaz oficial do Redmi Note 11 Pro
Primeiro cartaz oficial do Redmi Note 11 Pro

Redmi Note 11 segue linha de design do iPhone

O módulo de câmaras segue o design dos Redmi Note 10 e podemos contar com quatro sensores visíveis, mas é nas margens retas que parecem estar as grandes mudanças. Um pormenor imediatamente notável é que o terminal terá altifalantes estéreo, desenvolvidos em parceria com a JBL. Haverá também lugar para uma entrada para jack 3,5mm.

O que não é ainda oficial são outras características já avançadas em fugas de informação. Ao que é indicado, o Redmi Note 11 estará equipado com o processador MediaTek Dimensity 810, enquanto a versão Pro terá o MediaTek Dimensity 920.

Primeiro cartaz oficial do Redmi Note 11 Pro
Este é o Redmi Note 11 Pro

Ao nível do ecrã também são esperadas diferenças. Segundo as fugas de informação, ambas as versões terão direito a 120Hz de taxa de atualização. Mas enquanto a versão base deve ter um painel LCD, a versão Pro deve manter a aposta num AMOLED. Ambos são esperados com bateria de 5000mAh.

Estamos a pouco mais de uma semana deste lançamento, e mais detalhes serão certamente divulgados pela Xiaomi nos próximos dias. No entanto, é importante ressalvar que esta apresentação se dará primeiramente na China, não havendo ainda data para lançamento global.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.