Oficial: Samsung Galaxy S21 não terá carregador e auriculares na caixa

Bruno Coelho
Comentar

Um dos grandes temas na indústria mobile nos últimos meses foi a decisão de a Apple deixar de incluir carregador na caixa dos seus smartphones. As concorrentes troçaram dessa decisão, mas agora fazem o mesmo.

No final de dezembro, a Xiaomi lançou o Mi 11 sem carregador incluído na caixa (embora dê aos compradores a oportunidade de escolher). Depois de vários rumores e fugas de informação, é agora oficial que o Samsung Galaxy S21 também não terá carregador incluído na caixa.

Carregador e auriculares não estarão incluídos na caixa do Samsung Galaxy S21
Carregador e auriculares não estarão incluídos na caixa do Samsung Galaxy S21. Crédito: Roland Quandt/Win Future

A um dia da apresentação oficial, Roland Quandt do site Win Future, partilhou imagens promocionais do equipamento. Quando vemos o que está na caixa (“What’s in the box”), nem sinal do carregador.

A esta altura do campeonato, é impossível damos como certas estas imagens. Por isso, além do próprio smartphone, os Galaxy S21 terão na caixa um cabo USB-C para USB-C, a ferramenta para retirar o cartão SIM e um manual de instruções.

Depois de alguns anos a resistir colocar auriculares com fio na caixa, a Samsung abandona também essa prática no novo modelo. Isto numa altura em que a fabricante sul-coreana deve querer alavancar as vendas dos novos Galaxy Buds Pro, auriculares sem fios.

Esta prática por parte das fabricantes mobile tem, segundo estas, motivações ambientais. Mas ao encolher as embalagens reduz não só os custos de produção, como também lhe permite distribuir mais unidades em simultâneo.

Recorde-se que, mal a Apple retirou o carregador da caixa dos seus smartphones, a Samsung apressou-se a troçar da concorrente. Tomou essa atitude para meses mais tarde fazer o mesmo.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.