VP of Microsoft Surface Panos Panay speaks on stage at Windows 10 Devices Event, on Tuesday, October 6, 2015 in New York, New York. (Mark Von Holden/AP Images for AP Images for Windows)
VP of Microsoft Surface Panos Panay speaks on stage at Windows 10 Devices Event, on Tuesday, October 6, 2015 in New York, New York. (Mark Von Holden/AP Images for AP Images for Windows)

Satya Nadella, CEO atual da Microsoft, disse que a empresa está a preparar-se para lançar algo completamente novo no mundo mobile. O Surface Phone poderá ser esse dispositivo. Porém pouco se sabe sobre ele.

the-microsoft-lumia-950-xl

Todavia, com base em novos rumores, e chamando o dispositivo de Surface Phone, o mesmo deverá contar com um processador Qualcomm Snapdragon 835. Contudo, haverá dois modelos. Um primeiro com 4GB de memória RAM e um segundo com 6GB. Com efeito, aliada a esta quantidade bastante aceitável de memória RAM, estará esse processador Snapdragon que, ao que tudo indica, será capaz de correr aplicações x86 através do Continuum.

   

Claro que isto é apenas parte do smartphone em si, se é que poderá ser considerado um smartphone claro. O resto das especificações seriam o habitual mas, como pouco ou nada se sabe ainda, não ditarei aqui mais detalhes especulativos. Não obstante, o lançamento deste produto tão aguardado dependerá da próxima grande atualização para Windows – a Redstone 3.

Ainda falta muito tempo para vermos este Surface Phone. Mas uma coisa é certa, o tempo que faltar será sinónimo de aperfeiçoamento, por parte da gigante de Redmond, do seu software, bem como do encontro das especificações e todos os detalhes para a construção deste produto. Não tenho dúvidas que será um excelente smartphone (ou mini PC), porque fará parte da família Surface.

Talvez queiras ver:

Samsung poderá vender o seu segmento de PC´s à Lenovo

Galaxy S8 e Xiaomi Mi 6 serão os primeiros com Snapdragon 835

Xiaomi Mi 5C chegará com ecrã de 5.5 polegadas, processador octa-core e 3GB de RAM

ViaPhoneArena
FonteNokia Power User
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.