moto-x-play-x-style-4gnews

A compra da Motorola pela Lenovo começa agora a mostrar os seus verdadeiros frutos e sinceramente tem vindo a decepcionar muita gente. Há muito que foi declarada a intenção de apagar a marca Motorola do mercado e os equipamentos que se seguiram têm deixado a desejar, pondo de parte, claro, os novos Moto Z e Moto Z Force.

   

Vê também: Moto E3 está longe de ter o mesmo impacto que os outros Moto E

Com o lançamento deste último duo, por momentos chegou a ser quase certo o desaparecimento do mercado da linha Moto X. Acontece que isso acabará por não se tornar realidade e esta já não é a primeira vez que falamos de um novo Moto X (2016).

Com efeito, foi agora descoberto um novo equipamento Motorola, que se acredita ser um Moto X (2016), na GFXbench e que nos mostra informações interessantes. Acabam por ser interessantes pelo facto de virem contrariar as informações que vieram a público há cerca de um mês.

Na altura, o equipamento em causa encaixava perfeitamente no setor dos gama média/alta, com um ecrã de 4.6 polegadas FHD, processador Helio P10 e 3GB de RAM. Contudo, o equipamento em conta hoje é já claramente um gama alta, com um processador Snapdragon 820, ecrã de 5.5 polegadas Quad-HD e 4 GB de RAM.

motox_geekbench

Outras características mostram que este Motorola XT1650 possuirá um módulo duplo de câmara traseira, onde as suas lentes possuirão sensores de 21MP e 16MP, capazes de gravar a 4K, ao passo que o sensor frontal será de 5MP. Não esquecer ainda os 32GB de memória interna e o Android 6.0.1 Marshmallow fora da caixa.

Como podes constatar, vemos aqui algumas discrepâncias entre as mais recentes informações e as mais antigas, deixando no ar várias questões. Muito provavelmente estaremos na eminência da chegada de um novo par de equipamentos. Caso contrário uma destas fugas de informações estará errada, sendo que o tempo acabará por atestar a sua credibilidade.

Talvez queiras ver:

Viatimesnews
Fontegfxbench
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.