Novas imagens do Samsung Galaxy A8, o smartphone mais fino que a empresa já fez

Filipe Alves

Galaxy A 8 topo

Há tanta coisa para falar sobre este Samsung Galaxy A8 que nem sei por onde começar. A empresa Sul-Coreana surpreendeu não apenas este ano com os famosos e aclamados pelo Bacelar como "par maravilha" Galaxy S 6 e S6 edge. A Samsung deu-nos pela primeira vez um terminal com uma qualidade de construção digna de ser referida quando lançou o Galaxy Alpha.

O terminal rapidamente teve seguidores e não admira, a gama A é de facto impressionante, este Samsung Galaxy A8 vem "substituir" o Galaxy A7 que mesmo com um preço elevado e com especificações duvidosas continua a vender mais do que o esperado.

O Samsung Galaxy A8 será o smartphone mais fino que a Samsung já fez e segundo estas novas imagens o terminal volta a mostrar uma construção acima da média.

Vê ainda: Será o sistema de notificações do Galaxy S6 Edge assim tão inovador?

O terminal contará terá 158 x 76.77 x 5.94mm, mas se convence na espessura não convence nas especificações. O smartphone contará com o processador Qualcomm Snapdragon 615 de 64-bit, 2 GB RAM, câmara principal de 13MP e frontal de 5MP e uma bateria de 3050mAh a carregar tudo isto. O smartphone contará com um bruto ecrã de 5.7 polegadas e o botão Home é ainda um leitor de impressões digitais.

Se olharmos bem até que não são más as especificações, mas o problema está no preço. Rumores referem que o terminal terá o valor de 500€ e dar uma nota roxa por um Snapdragon 615, não me parece uma escolha correta.

O Samsung Galaxy A8 deverá sair primeiro na China , mas Portugal poderá ser um dos Países a receber este terminal, veremos até que ponto a beleza ganhará às especificações.

Talvez queiras ver:

Samsung-Galaxy-A8.jpgSamsung-Galaxy-A8-1.jpgSamsung-Galaxy-A8-6.jpgSamsung-Galaxy-A8-3.jpgSamsung-Galaxy-A8-4.jpgSamsung-Galaxy-A8-2.jpgGalaxy-A-8-topo.jpg

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.