Nothing Phone (1) vai chegar aos Estados Unidos de forma inédita

Bruno Coelho
Comentar

O Nothing Phone (1) foi apresentado oficialmente em julho de 2022. Mas se na Europa e noutros mercados ficou imediatamente disponível, isso não sucedeu nos Estados Unidos.

Carl Pei, CEO e fundador da Nothing, garantiu aos fãs que o lançamento nos EUA estaria a ser trabalhado. E parece que vai finalmente concretizar-se. Mas será feito de forma inédita.

Nothing Phone (1) chega aos EUA através de programa de membros por 300 dólares

Segundo a marca, o smartphone estará disponível nos Estados Unidos através de um programa Beta de membros. Para entrar, os interessados terão de desembolsar uma quantia de 300 dólares.

US, we have something special just for you.Experience Phone (1) with our Nothing Beta Membership. You'll receive a Phone (1) to test Nothing OS 1.5, powered by Android 13. And the opportunity to claim a Nothing Community Black Dot.Learn more here: https://t.co/yVwcLADrNH pic.twitter.com/YPsxqHS6p9

— Nothing (@nothing) 10 de janeiro de 2023

Ao aderir a este programa, os utilizadores não só se tornam membros como recebem um Nothing Phone (1) para testes. E com esse preço abaixo do valor de mercado do smartphone, parecem não vir condicionantes.

Os membros irão receber a versão base em preto do smartphone, com 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. E o objetivo principal será colocar os membros a testar a Nothing OS 1.5 baseada no Android 13.

No seu comunicado, a Nothing adverte que o smartphone poderá não funcionar corretamente em todas as operadoras. Por exemplo, apenas os clientes da T-Mobile terão, para já, acesso a 5G no smartphone.

Já no caso da AT&T e Verizon, os utilizadores apenas terão cobertura garantida até 4G. Mas a Nothing adverte que, no caso desta última operadora, a mesma ainda será muito limitada. Carl Pei promete que as coisas estão a ser negociadas.

Smartphones não terão de ser devolvidos após o término do programa

Este programa de membros beta vai decorrer até 30 de junho de 2023. E ficou a garantia de que os smartphones não terão de ser devolvidos pelos membros.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt