Nokia-Android-Logo

Microsoft admitiu ao Site The Verge que iria por de parte a Nokia que adquiriu e que tudo passará a ser Microsoft. Por tudo entenda-se os smartphones. Esta Nokia continuará a fazer telemóveis básicos da Microsoft, mas a parte que se manteve finlandesa tem planos para o futuro.

Quando Steve Balmer, o então CEO da Microsoft, incorporou todo o segmento da Nokia que produzia smartphones na sua gigante tecnológica certamente esperava melhores resultados na adopção da plataforma Windows Phone. No entanto, a história tinha diferentes desígnios para a outrora omnipresente Nokia e esta compra pela Microsoft foi o seu canto de cisne.

   

Nokia foi incapaz de se adaptar ao triunfo dos smartphones, era demasiado popular e quiçá, orgulhosa para por de lado a sua plataforma Symbian e apostar Nokianuma novidade chamada Android. Corria o ano de 2009 quando já o iPhone fazia tremer os finlandeses e outras marcas como a Samsung se tinham voltado para o Android.

Sem saber para onde se virar, a Nokia sondou a Microsoft e esta acabou por reduzir a debilitada Nokia à insignificância, comprando-a por uma modesta quantia e esquartejando o outrora vasto império finlandês.

Daqui resultou a divisão da Nokia produtora de telemóveis, adquirida pela Microsoft, e a Nokia enquanto rede de telecomunicações, redes e patrimónios semelhantes, esta última manteve-se finlandesa. Esta Nokia Networks está viva e de boa saúde, aliás cresce a olhos vistos enquanto empresa de telecomunicações.

Esta Nokia, durante uma conferência de imprensa na quinta-feira passada, além do seu relatório de contas positivo e em bom crescimento, admitiu também que o nome é uma instituição forte, é aquilo que nos identifica enquanto pessoas, singulares ou colectivas e que é capaz de impressionar ou repugnar os elementos da sociedade.

NokiaApesar de ainda não poder entrar no mercado de smartphones, devido ao contrato de exclusividade celebrado com a Microsoft, é óbvio que os finlandeses têm ambiciosos planos para o futuro que envolvem a produção de smartphones, ” para bom entendedor meia palavra basta”:

 “A marca Nokia é uma valiosa mais valia em termos de reconhecimento e associação ao mercado de telemóveis, smartphones e dispositivos portáteis. Ainda não podemos prosseguir esse objetivo de momento”

Além disso, com o recente lançamento dos HERE Maps para Android é bastante claro qual o rumo que a Nokia finlandesa quer seguir. Ao contrário da  Microsoft que vai remover o nome Nokia dos seus Lumia, o que restou desta marca irá usar este nome inconfundível num futuro próximo, quando finalmente tiver o músculo necessário para entrar no mercado agressivo dos smartphones e a Microsoft não tiver exclusividade do uso da marca Nokia para dispositivos móveis.

A todos os saudosistas, a todos os que conhecem o valor e mística da Nokia, a esperança não está perdida. Sejamos pacientes pois é uma questão de tempo até vermos equipamentos de topo feitos pela Nokia, brilhando com o verde Android!

Deixa o teu comentário e um Like na página do Facebook  e Subscreva o canal no Youtube .

Aplicação para Android 4Gnews.pt
Windows Phone  4Gnews.pt 8 e 8.1
Talvez queiras ver:

Fonte, fonte 2 &via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).