Após o tão aguardado regresso ao mercado mobile com o Nokia 6, a marca finlandesa, agora sob os comandos da HMD Global, estará já a preparar a sua grande apresentação no Mobile World Congress 2017 em Barcelona, onde deverá apresentar novos terminais muito aliciantes. Não se fazendo o mercado apenas de topos de gama, um Nokia “low-cost” poderá ser apresentado na acima referida feira de tecnologia, indicando alguns rumores que o mesmo poderá ser o Nokia 5.

Ver também: Começam os rumores para o Samsung Galaxy S9

   

Classificando o Nokia 6 como um gama-média, o Nokia 5 estará um degrau a baixo. As especificações que surgem hoje sobre o mesmo sugerem exatamente isso, com o terminal a equipar uma tela HD (1280×720) de 5.2 polegadas, o processador octa-core Qualcomm Snapdragon 430 (já encontrado no Nokia 6), auxiliado pela GPU Adreno 505, assim como 2GB de RAM e 16GB de memória interna.

Este dispositivo já terá aparecido na GFXBench com o nome “Nokia Heart”, pelo que as especificações sobre o mesmo serão quase certas. A câmara principal do mesmo chegará com um sensor fotográfico de 13MP, sendo também ela ligeiramente inferior à do Nokia 6, enquanto que a câmara frontal terá o mesmo sensor que este último, com uma resolução de 8MP.

Por último, o Nokia 5 corre de fábrica o Android 7.0 Nougat e deverá chegar ao mercado com um preço a rondar os 999 yuan (aproximadamente 135 euros), um preço bem inferior aos 1699 yuan (230 euros) a pagar pelo seu “irmão mais velho”. Se todos os rumores se confirmarem, este dispositivo será o segundo terminal Nokia a ser apresentado no evento, com a marca a preparar, ao que tudo indica, a apresentação de um novo topo de gama que promete fazer regressar ao trono a marca que noutros tempos terá sido a rainha do mercado mobile.


Este será também o terceiro smartphone da marca em 2017, tendo a mesma “prometido” a chegada de 6 ou 7 novos terminais durante este ano. Para já, prevê-se uma boa distribuição de dispositivos Nokia, com a marca a revelar terminais para todas as carteiras. O impacto tem sido tal, que o Nokia 6 terá esgotado num ápice na sua primeira flash-sale, pelo que perspetivamos um regresso em grande ao mercado europeu e americano.

Outros artigos relevantes:

Xiaomi Redmi Note 4: novas cores em mais mercados

Podcast 4gnews 135: S8 abandona MWC, Hugo Barra abandona Xiaomi, LG G6 e Huawei P10

Serão 14 os smartphones Xiaomi que terão direito ao Android Nougat