Netflix vai tentar remover a Apple dos seus métodos de pagamento

Vitor Urbano
Neftflix Apple iTunes 4gnews
Netflix começa a remover Apple iTunes como forma de pagamento ao seu serviço

A gigante de Cupertino faz dinheiro com "tudo o que mexe" e isso não é surpresa para ninguém. Mas a Netflix quer mudar isso, pelo menos no seu serviço de subscrição. Para quem não sabe, a Apple cobra uma percentagem de todas as transações feitas através do iTunes.

Não importa se é a compra de uma aplicação, compras in-app ou até mesmo subscrições. A Apple acaba sempre por cobrar uma taxa sobre todas as transações. Mas não é apenas empresa de Tim Cook que faz isso, também a Google tem a mesma política. Por isso mesmo o Fortnite tentou uma nova abordagem.

Vê ainda: Instagram prepara-se para mudar o teu feed em breve

A percentagem base cobrada pela Apple é de 30%, que pode depois ser reduzida para 15% no caso do utilizador manter a subscrição há mais de um ano. Quando falamos de grandes empresas que vendem milhões de euros em compras in-app ou têm milhões de subscritores, esta percentagem representa um grande corte em potenciais ganhos.

Se uma empresa tem um serviço de subscrição de 10€/mês com 100 utilizadores, significa que terão de pagar à Apple 300€ dos 1000€ que deveria ter de receitas. Pode até não parecer assim tanto quanto isso, mas quando observamos empresas como a Netflix, a história é outra.

Netflix quer remover Apple dos seus métodos de pagamento

A Netflix tem mais de 118 milhões de utilizadores ativos. Mesmo não se sabendo quantos utilizam o iTunes para a sua subscrição, vamos imaginar que apenas 10 milhões dos seus utilizadores o fazem. Isso significa que só na percentagem cobrada pela Apple, a Netflix está a "perder" todos os meses 30 milhões de euros. Frustrante não?

Por isso mesmo, a empresa está agora a tentar fazer uma transição nas suas opções de pagamento, tentando remover o iTunes. Para isso, a Netflix removeu já a opção de utilizar o iTunes para novas subscrições ao seu serviço em 33 países. Entretanto, está a pedir a atuais utilizadores que renovem a sua subscrição utilizando um diferente método de pagamento.

Atualmente em Portugal podes fazer a tua subscrição utilizando o teu cartão de crédito, PayPal ou iTunes. Continuo sem perceber porque alguém prefere pagar com cartão de crédito quando a opção PayPal está disponível.

Netflix Ads Anuncios Publicidade 4gnews streaming Apple itunes

Atualmente a grande maioria dos países integrados nestes testes localização-se na Europa. Incluindo países como a Alemanha, França, Espanha, Reino Unido e Áustria. Para os utilizadores em Portugal, ainda podem realizar a subscrição através do serviço da Apple.

No início do ano a Netflix iniciou uma semelhante transição nos seus métodos de pagamento. Removendo de forma gradual o suporte para o pagamento via Google Pay, que cobra o mesmo tipo de percentagem em cada subscrição.

É quase certo que estes testes passem eventualmente a ser aplicados globalmente. Muito em breve a opção de pagar o Netflix com iTunes cessará de existir.

Editores 4gnews recomendam:

Google em sarilhos mais uma vez por querer saber demais dos utilizadores

Apple — Tim Cook também deverá apresentar um MacBook Air brevemente

7 aplicações de edição de fotos para melhorar o teu Instagram

Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.