Motorola Moto M
O Lenovo Moto M poderá receber um sucessor em breve.

A Lenovo tem concedido amplo espaço de ação à Motorola depois de reconhecer o impacto e carinho do público para com o nome “Motorola”. Em 2017 a marca parece mais energética do que nunca, planeando lançar vários equipamentos até ao Verão. Entretanto já marcou um evento para o dia 21 de junho no Brasil e isto só pode querer dizer uma coisa. Novos smartphones e o Moto X4 deverá ser um deles! Contudo, hoje as novidades recaem sobre o possível sucessor do Moto M da Lenovo.

Vê ainda: Todos os Motorola que vão receber o Android O

Este ano já ficamos a conhecer o Moto G5, Moto G5 Pus de gama média. O Moto C e C Plus como alternativas super económicas de gama de entrada. O novo Moto Z2 Play de gama média-alta e ainda temos várias surpresas até ao final do Verão. Entretanto já tivemos o anúncio oficial do Moto E4 e Moto E4 Plus. Em breve daremos as boas-vindas aos próximo topo de gama Moto Z2 e quem sabe ainda teremos um Moto G5S em azul. Perante uma efusiva Motorola, será que a Lenovo está a desenvolver, separadamente, um novo Moto M?

   

Será este o próximo Moto M?

Um smartphone chamado Lenovo XT1902-03 foi descoberto nos arquivos da aplicação de testes e benchmarks Geekbench (fonte). O prefixo XT por norma indica de que se trata de um equipamento da Motorola e, pelo número de série, as suspeitas recaem num sucessor para o Moto M.

Esta informação foi entretanto avançada pelo blog AndroidSoul (via). Olhando para o SoC (processador) deste suposto Moto M concluímos que se deverá tratar de um dispositivo destinado aos mercados asiáticos. Em seguida podem observar as informações registadas pela Geekbench.

Moto M
Supostas características do Lenovo Moto M 2017

O XT1902-03 ou Moto M (2017), utiliza o processador Helio P20 da MediaTek (MT6797). Este SoC possui dez núcleos de processamento, neste caso a velocidades / frequência de 1.85Ghz. No interior do equipamento temos ainda 4GB de memória RAM e o sistema operativo Android 7.1.1 Nougat. Note-se que o Moto M original utiliza o Helio P15 da MediaTek com 8 núcleos de processamento, sendo este novo Moto M um upgrade considerável.

Comparativamente com o Moto M que teve uma pontuação de 741 no teste single-core e 2487 no teste multi-core podemos ver a diferença no poder de processamento. Resta saber quando é que a Lenovo apresentará este smartphone. Este será um smartphone de gama média, colocando-se um pouco acima do Moto E4 Plus com a sua monstruosa bateria de 5000mAh que deverá ser apresentado no dia 17 de julho.

O Moto M 2017 terá mais do que uma versão

Depois da primeira fuga de informação ou leak, hoje vemos uma nova versão / variante a receber aprovação pela WiFi Alliance (WFA). O smartphone utiliza o mesmo processador Helio P20 da MediaTek e também conta com o sistema operativo Android 7.1.1 Nougat pré-instalado. Por vezes as construtoras lançam o mesmo smartphone com algumas diferenças a nível de processador e frequência de banda para que se insiram melhor no mercado pretendido.

Tudo indica que Lenovo proceda desta forma com o seu próximo Moto M. O mercado alvo deverá permanecer na Ásia. Resta saber se com mais do que uma variante a Lenovo planeia lançar este equipamento em mais países/regiões.

Motoroma Moto M
Segunda variante do Motorola Moto M

Em suma, apesar de vermos a Lenovo a conceder mais liberdade e autonomia à Motorola, continuaremos a ter pelo menos um Lenovo Moto M. Esta linha de smartphones será certamente mais comercializada nos mercados asiáticos. Resta saber se a Lenovo transferirá, ou não, a responsabilidade de desenvolvimento e criação deste novo smartphone para as mãos da Motorola. Uma coisa é certa, um novo smartphone com mais do que uma variante está a ser preparado.

Quando chegará o Moto M?

Neste momento é impossível apontar datas exatas. Caso a Lenovo tenha entregue o novo Moto M à Motorola então chegará muito em breve. Com 3 eventos marcados a empresa não perderá tempo. Caso a responsabilidade continue nas mãos da Lenovo será mais difícil apontar uma data exata. Contudo, o primeiro smartphone foi lançado em novembro de 2016. Posto isto, podemos esperar a sua chegada no final do Verão ou inícios de Outono.

Em Portugal a marca terá que recuperar todo este tempo perdido. Desde o Moto G2 que praticamente desapareceu das lojas. Agora, com o lançamento do novo Moto E e Moto E4 de gama baixa seria uma mais valia para os nossos consumidores. A sua interface leve e próxima do Android puro sempre foi uma das mais fluídas. Já no Brasil a Motorola é uma das marcas dominantes.

O smartphone foi bem recebido nos mercados a que se destinava e deixou muitos consumidores a desejar que também chegasse ao Brasil e à Europa. Muito sinceramente, a com tantos equipamentos de gama média no mercado europeu, americano e brasileiro, a Motorola não terá necessidade de lançar o novo Moto M nestas 3 grandes regiões. O seu preço deverá rondar os $200 dólares, pelo menos para os mercados asiáticos.

O que achas deste Moto M 2017 com o processador da MediaTek? Seria uma boa alternativa para os nossos mercados ou nem por isso? Será que roubaria clientes aos novos Moto G’s, Moto E’s e até aos baratíssimos Motorola Moto C?

Outros artigos relevantes:

Motorola Moto X4 e OnePlus 5 vs iPhone 7 – TECH Recap

Android 7.0 Nougat: Lista dos Motorola que não serão atualizados

Motorola voltou em força e já marcou novo evento!

Viatheandroidsoul
FonteGeekBench
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).