moto-m-feat-05-audio

O Motorola Moto M foi apresentado no início do mês pela marca que todos conhecemos e desde então têm dado muito que falar. Este smartphone de gama-média tem um corpo metálico com um design elegante e sofisticado. A disposição da câmara traseira, o leitor de impressões digitais, os cantos arredondados e o logotipo da Motorola fazem deste Moto M um dos mais bonitos equipamentos cujo preço fica abaixo dos 300$.

Mantendo-se fiel à filosofia da Motorola, este Moto M seria um exclusivo para o mercado chinês. Felizmente, a Lenovo decidiu começar a apostar em novos mercados, fazendo chegar o seu Moto M a novos países, desta vez com um processador da Qualcomm e não da MediaTek, uma mudança que tornará este Moto M ainda mais irresistível e um dos melhores smartphones de gama-média.
Se estavas à espera que o Moto M chegasse ao teu país, seja na Europa ou no Brasil, terás que esperar um pouco mais mas há esperança! Hoje, vimos o Moto M a ser anunciado oficialmente para o mercado dos Emirados Árabes com um novo processador. Neste país o smartphone será lançado com um Snapdragon 617 e não com o Helio P15, como no território chinês.

   
moto-m-feat-02-battery
Moto M

Este novo processado, Snapdragon 617 da Qualcomm, é um octa-core com velocidades de 1,5 GHz. A sua gráfica é a Adreno 405 e terás 4GB de memória RAM, para além de 64GB de memória interna expansível via microSD até 128GB. O ecrã deste Moto M é um Super AMOLED com 5,5 polegadas e resolução Full-HD (1920x1980p), a sua bateria tem uma boa capacidade de 3050mAh, conectividade USB do Tipo C e umas câmara de 16 e 8MP na sua traseira e frontal, respectivamente.

Extremamente cativante para o seu preço, o Moto M deverá chegar ao mercado brasileiro em breve, a Lenovo não iria abdicar de um dos maiores mercados mundiais e o mesmo pode ser dito quanto ao mercado europeu. Ansioso por ver o Moto M numa loja perto de ti?

Talvez queiras ver:

Smartphones Nexus receberão o Android 7.1.1 Nougat já em dezembro

Custo de produção do Galaxy S8 deverá aumentar mas o preço de venda manter-se-á

O McDonald’s como tu o conheces poderá mudar em breve