Monster Hunter WorldDeixem-me ser bem claro. Sim, Monster Hunter World é mais simplificado que os jogos das séries anteriores. Sim, há (bem) mais “conveniências” em muitos aspectos, mas essas mudanças estragam a experiência, tanto para “newbies” como para experientes?

Não. A maioria destes ajustes tornam o jogo melhor e menos enfadado, como por exemplo, quem se lembra do momento em que tentavam “dropar” a pele de um Anjarath e o maldito item teimava em aparecer?

Vê ainda: Google Play Store: 16 jogos Premium que estão grátis e tens de conhecer

Agora, a primeira vez que te deparas com qualquer monstro, ao derrotares este, desbloqueias missões de investigação associadas ao monstro derrotado, onde os materiais têm melhores probabilidades de cair.

Falando dos gráficos e como o jogo se comporta. Os locais estão ótimos! O novo motor faz jus tanto os monstros, como ao ecossistema onde estão situados. As armaduras têm designs óptimos e os efeitos das armas são tremendamente épicos!

Monster Hunter World mereceu uma excelente pontuação!

Quanto ao desempenho, joguei a versão para PC. Com exceção de raras quebras de fps (quase de certeza que é o “bottleneck” do meu CPU), o jogo é sem dúvida jogável a 100%. Quem tiver uma máquina capaz de resoluções 4K, verá o seu investimento compensar!

Última questão que quero referir, particularmente as coisas que não estavam na versão beta. Para os que experimentaram a beta e ficaram um pouco desiludidos. A beta tinha apenas um tipo de quest e essas eram as HUNTING quests.

Também tinha algumas opções de escolha no que toca à escolha de armas e armaduras. Devem compreender que a Capcom não tinha outra opção senão limitar os itens e modos apresentados ao público.

Monster Hunter World

Falando do produto que está à venda. Na verdade, existem vários tipos de missões que podes escolher, não será por falta de diversidade que o irão condenar. Tens as missões de caça, captura, investigações e muito mais.

O “HUB world” permite comunicar com um máximo de até 16 jogadores e jogarem juntos (até quatro jogadores). Existe uma espécie de ‘Wikipédia’ no jogo que permite consultar informações sobre os monstros que matares/capturares, não esquecendo que podes formar “guilds” ou esquadrões com outros “players”.

Podia falar de forma extensa como todas as mecânicas e sistemas implementados te imergem. Porém, sendo absolutamente honesto, isto é uma questão de experimentares. Ou gostas, ou não és muito adepto.

Uma propriedade que apela cada vez mais ao mercado Ocidental!

Nesta iteração lembraram-se de incorporar uma ‘história’, com muitas cenas para manter os novos jogadores ainda mais interessados. Para mim, a jogabilidade é suave e as animações foram bem redesenhadas para esta nova entrada na saga Monster Hunter.

Veredicto:Dou um sólido 9 em 10 valores. Devido, principalmente, às melhorias consideráveis, o enorme conteúdo que te oferecem pelo que pagaste, os gráficos com boa qualidade e ao divertimento que este jogo possibilita.

Não me quis focar muito nas mecânicas simplificadas, porque entendo que existirão jogadores veteranos que se sentem um pouco “traídos”, mas acredito que, pondo os pesos na balança, foi tomada a melhor decisão, estabelecendo Monster Hunter World e a saga Monster Hunter como uma saga a seguir no futuro! Esqueci-me de mencionar, não existem microtransações!

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi Mi Band 3 Review | Impossível teres melhor por este preço

Sony Xperia XZ3: Todas as especificações do topo de gama reveladas

Apresentação do Samsung Galaxy Note 9 aumentam as ações… da Apple

Artigo por Bruno Santos

Presente na 4gnews há quase três anos, sou fã incondicional de Tecnologia e Cultura e quero partilhar o conhecimento adquirido com todos aqueles que gostarem de tecnologia, filmes e séries, lifestyle e muito mais.