Módulos da câmara do Huawei P40 desvendam um mistério

Filipe Alves
Comentar

O Huawei P40 chegará de forma oficial dentro de poucos meses. Assim sendo, é normal que comecemos a ver novas fugas de informação sobre o dispositivo.

Uma nova imagem de módulos de câmaras do alegado Huawei P40 confirmam que o novo smartphone da Huawei chegará com um set traseiro idêntico ao Huawei P30 Pro.

Mais câmaras no Huawei P40

Huawei P40

Ou seja, se os rumores estiverem certos, teremos 3 novos topos de gama da linha P da Huawei. O Huawei P40, P40 Pro e ainda um modelo "Max".

Este modelo P40 será o seguidor direto do Huawei P30. Assim sendo, podemos confirmar que o P40, se esta imagem estiver certa, introduzirá mais câmaras no smartphone e mudará ligeiramente o design do dispositivo.

Em síntese, o Huawei P40 poderá vir a ser seriamente parecido com o P30 Pro na sua parte traseira. A grande diferença é que a Huawei deverá incluir uma "corcunda" maior e incluir todas as câmaras dentro dessa corcunda. Algo que a Apple fez com o iPhone 11 e que a Samsung seguiu com os novos Galaxy S10 Lite e Note 10 Lite.

Huawei P40 sem serviços Google é uma incógnita

Huawei P40

Meses passaram depois do lançamento do Huawei Mate 30 Pro e a Huawei ganhou coragem para o mandar para o nosso mercado sem serviços Google. O mesmo acontecerá com a linha P. Pelo menos se a Huawei não descobrir uma forma de conseguir resolver a situação com o governo americano.

Isto significa que, tal como o Mate 30 Pro, os novos Huawei P40 chegarão de forma oficial sem Google Maps, Youtube, pesquisa Google ou até Play Store.

De referir que é possível instalar essas aplicações posteriormente, porém, temos de admitir que nem todos os utilizadores serão capazes de o fazer. Em suma, teremos de ver o que o futuro nos reserva. Esta alegada imagem dos módulos das câmaras do Huawei P40 prometem uma câmara idêntica ao do Huawei P30 Pro. Só isso já é uma vantagem.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.