Modo escuro pode não ser tão importante para o smartphone como pensas

Bruno Coelho
121 comentários

O Dark Mode (modo escuro) é uma das melhores funcionalidades a ser "abraçada" pela indústria de smartphones nos últimos anos. Não só acaba por ser mais saudável para os teus olhos em cenários de pouca luz, como pode ser mais amigo da bateria do teu equipamento com painel OLED.

Ainda que tal seja verdade, um estudo desenvolvido pela Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, revela que o modo escuro não te dá grandes benefícios na autonomia em certas situações.

Com baixo brilho o modo escuro não faz tanta diferença na autonomia, revela estudo

Foram analisadas aplicações, como o YouTube, Google Maps, Calendário Google, Google News, Telefone Google ou Calculadora. Depois tentou-se perceber como o modo escuro afetou um Motorola Moto Z3, Pixel 5, Pixel 4 ou Pixel 2 em cada app durante um minuto.

O estudo acaba por revelar que, boa parte das vezes, os utilizadores têm o smartphone com brilho entre 30 a 40%. E neste cenário acaba por se poupar apenas uma média de 3 a 9% nos equipamentos testados.

modo escuro

Onde o modo escuro brilha, é onde já se esperava: no exterior, com muito brilho. O estudo revela que com o brilho a 100%, passar do modo claro para escuro pode fazer com que os utilizadores poupem entre 39 a 47% de bateria. Algo que é verdadeiramente significativo.

Tal como o estudo revela, a grande vantagem do modo escuro está intimamente ligada ao brilho que estás a usar no teu equipamento. Se usas o equipamento com brilho mais baixo, a diferença do modo claro para escuro, vai ser muito pouco significativa. Onde este vale mesmo a pena ser usado é quando tens de puxar pelo brilho do teu equipamento.

Consulta o estudo completo Universidade de Purdue sobre o modo escuro

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.