MEO junta-se à Amnistia Internacional em campanha de Direitos Humanos

Bruno Coelho
Comentar

A MEO e a Amnistia Internacional acabaram de anunciar que unem esforços para relembrar e sensibilizar os portugueses para um dos pilares fundamentais da Humanidade: os Direitos Humanos.

A marca de consumo da Altice Portugal assume-se como alicerçada na Humanização e com um histórico de impacto social. Está consciente da relevância da sua atuação e assumindo a sua responsabilidade para com a sociedade.

Mundial do Catar no centro da campanha de Direitos Humanos da MEO

Desta forma, volta a utilizar os seus meios de comunicação, o seu poder de alcance e impacto diário junto de milhões de portugueses, para dar visibilidade a uma realidade de clara violação do respeito pelo ser humano.

Em causa estão os “abusos generalizados no decorrer da preparação do Mundial do Catar, enquanto país organizador da competição, tem sido palco de uma das maiores violações dos Direitos Humanos”.

É destacado o “autêntico atentado à vida, à dignidade, à liberdade e segurança pessoal dos trabalhadores migrantes e das suas famílias, na construção de estádios e outras infraestruturas”.

Numa campanha de sensibilização da MEO e Amnistia internacional com o slogan “Não esquecemos os direitos humanos”, foi hoje dada continuidade ao movimento iniciado pela MEO em 2018.

“A violação dos direitos humanos, no contexto mundial tão delicado que vivemos, não se esgota no Catar. A marca MEO que, desde 2018, assina “Humaniza-te”, tem um papel a desempenhar e não pode, nem deve, ficar indiferente”, afirma João Epifânio, CSO B2C da Altice Portugal.

Recorde-se que a MEO é patrocinadora da Seleção Portuguesa de Futebol, e convida agora todos a apoiar a Amnistia Internacional. Esta é um veículo de ajuda às famílias dos milhares de trabalhadores que viram as suas vidas e os seus direitos básicos recusados.

Podes realizar o teu donativo a partir do botão amarelo do comando MEO, do site meu.pt/amnistia ou a partir do número 761 200 000. A Meo vai doar um euro por cada euro doado pelos seus clientes.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt