MEO condenada por colocar funcionários num sala sem fazer nada

Filipe Alves
13 Março, 2019

A Altice, dona da MEO, foi condenada a pagar 30.600€ por colocar 4 funcionários numa sala sem fazer nada durante meses. Tudo isto porque a empresa passou por uma fase de reestruturação em 2015 e decidiu fazer uma "limpeza" em casa ao despedir uma boa quantidade de funcionários. 

Contudo, 4 destes colaboradores não gostaram da rescisão que lhes foi oferecida e decidiram não aceitar. De forma a garantir que estes funcionários não continuavam a fazer parte da empresa, decidiram colocar os trabalhadores numa "Unidade de Suporte". A sua tarefas eram simples... não fazer nada!

aborrecidos no trabalho MEO

Já não é a primeira vez que tal acontece com a empresa. Há uns anos foi referido que a empresa realocava funcionários fora da sua zona geográfica (mas dentro do legal) de forma a incentivar a sua saída pelo transtorno da viagem de casa para o trabalho. 

MEO decidiu deixar 4 funcionários numa sala sem fazer nada do que lhes dar trabalho

Desta vez a história foi diferente. A MEO foi condenada em tribunal a pagar mais ce 30 mil euros por esta decisão. A empresa conseguiu evitar desembolsar mais de 45 mil Euros inicialmente, porém, o Tribunal da Relação do Porto tomou uma decisão definitiva face à situação. 

De acordo com o acórdão que a Lusa teve acesso, pode-se ler:

"Conclui-se, pois, que no rigor das coisas, os factos revelam uma situação de deliberada marginalização destes trabalhadores, colocados como excedentários numa sala, em total inatividade e sem qualquer perspetiva real de serem recolocados em novo posto de trabalho". 

Uma situação escusada e pouco vantajosa para ambas as partes. Primeiramente porque a MEO continuou a pagar o salário dos 4 funcionários que estavam a fazer nada. Por outro lado, os funcionários viram a sua imagem, reputação e dignidade calcada. Esperemos sinceramente que situações destas no futuro nos tragam castigos mais severos do que apenas 30 mil euros para uma empresa que fatura milhões. 

Editores 4gnews recomendam:

Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.

Mais na 4gnews

Google apresenta Stadia: Não é uma consola, é algo bem maior!
Nvidia revela uma tecnologia de edição de imagem que mais parece do futuro (vídeo)
Reparar o ecrã do Galaxy S10 custa quase tanto como comprar um novo
Free Fire: 6 curiosidades do jogo mais popular da Google Play Store
Vídeo de hands on do Galaxy Fold mostra vinco no ecrã
Vivo X27 e X27 Pro foram lançados e têm ecrãs fantásticos

Artigos que não podes perder

Como encontrar o telemóvel Android com a ajuda do Google
5 Dicas para ter sucesso no Ultimate Team do FIFA 19 sem gastar dinheiro!
Descobre 10 produtos Xiaomi que valem a pena comprar
10 Dicas da Huawei para tirar melhores fotos com o Smartphone
CTT: como fazer desalfandegamento online de encomendas em 3 passos!
Como ligar o telemóvel à TV para ver conteúdos no "grande ecrã"