meizu-booth-1A Huawei tem caminhado a passos largos para o sucesso no mundo mobile. Embora não seja aclamada nos grandes mercados como uma marca potente, a empresa Chinesa, tem dominado mercados mais pequenos (tirando a China) mas também relevantes.

Terceira mundial no mundo de smartphones, a Huawei não só faz os seus equipamentos como também algum dos seus componentes, por exemplo, os processadores.

Vê ainda: OnePlus 4: Rumores sugerem dual-câmara, 8GB RAM e bateria de 4000 mAh

   

Os conhecidos HiSilicon Kirin são uma obra-de-arte da empresa do Oriente, que aparentemente, começará a disponibilizar a mais fabricantes para utilização.

Alegado Meizu Pro 7
Alegado Meizu Pro 7

De acordo com novas informações a Meizu poderá trocar os processador Exynos da Samsung para os da Huawei.

O Kirin 960 tem capacidades inacreditáveis a níveis de potência e dá ainda a possibilidade aos desenvolvedores de trabalhar com o GPU Mali-G71, com Vulkan. Estas últimas palavras significam mais e melhores gráficos para jogos num smartphone.

As informações aclamam que o Meizu Pro 7, o tal sem bordas laterais que falamos anteriormente, contará com o processador Kirin 960, 6GB de RAM e com câmara de 12MP com sensor Sony.

O smartphone deverá chegar mais para o final do ano, ainda que sem datas em concretas o dia 24 de dezembro tem saltado várias vezes à baila.

Talvez queiras ver:

Huawei Mate 9 Pro anunciado com ecrã curvo QHD e lentes Leica

Samsung Galaxy S8 poderá vir equipado com a tecnologia Force Touch

Samsung compra a Harman! Próximos Samsung terão áudio de impressionar