É justo admitir que a Meizu já teve melhores dias. A empresa que parou o mundo com o seu MX4 nunca mais conseguiu voltar às luzes da ribalta desde então. Com empresas no mercado móvel chinês a dar-nos uma qualidade decente para o preço, a Meizu passou de destaque a “mais uma”.

Mas a empresa chinesa não está pronta para baixar os braços. O Meizu E2 será o próximo equipamento da marca e ao que tudo indica o dispositivo é de qualidade relevante.

   

Vê ainda: Samsung Galaxy S8+ não será o mais fácil de reparar

Embora não saibamos nada sobre o seu interior, um novo vídeo mostrou o smartphone pela primeira vez durante 10 segundos. Podemos ver que a Meizu optará por nos dar uma câmara saliente, muito à ideia do iPhone 7 Plus, contudo, não me parece que ofereça dual-câmara como o seu rival Xiaomi Mi 6.

O smartphone é todo ele construído em metal, conta com USB Tipo-C, entrada de áudio 3.5 e ainda um botão home que será certamente o leitor de impressões digitais.

A Meizu precisa de voltar forte e o Meizu E2 pode ser a resposta certa

O equipamento da empresa chinesa deverá trazer especificações relevantes. O processador tanto poderá ser um MediaTek topo ou mesmo um Exynos. Não seria a primeira vez que a empresa utilizaria os processadores Samsung e não me parece que seja a última.

Ainda existe muito mistério à volta deste Meizu E2, porém, não apostaria num dispositivo de gama-alta. O nome de Meizu E2 não é tão forte quanto os seus “MX” e acredito que este smartphone seja destinado ao mercado de gama-média.

Depois da Xiaomi ter apresentado o seu flagship, resta saber se as outras empresas chinesas seguirão a ideologia de dual-câmara e construção em vidro. A Xiaomi é uma das mais influentes no mercado Chinês e sendo este mercado o principal para a Meizu, parece-me adequado pensar em tal probabilidade.

Outros assuntos relevantes:

Xiaomi Mi 6 já é oficial e promete competição!

ZTE Axon 7s e 7 Max são apresentados oficialmente

Opinião: novo rumor confirma a impossibilidade de haver um iPhone 8

ViaGsmArena
FonteWeibo
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.