mediatek - 4gnews.pt

Temos de ser realistas, quando alguém olha para as especificações de qualquer smartphone, caso esse possua um processador da Mediatek nunca será visto com os mesmo olhos de um Snapdragon. Se nos topos de linha ainda existe uma diferença considerável na performance dos produtos de ambas as fabricantes, nos gama média as coisas estão a mudar.

Mas é no mercado de gama alta que a Mediatek se quer focar mais, por forma a conseguir uma maior aceitação pelo mundo fora. O seu Helio X20, que não deverá demorar muito a aparecer em novos equipamentos, é já uma excelente amostra do que a empresa Taiwanesa tem para nos oferecer e é por enquanto o único processador deca-core no mercado. Mas o seu sucessor Helio X30 está já a ser pensado e a sua fabricante quer ser ainda mais feroz com a sua concorrência.

   

Embora os detalhes em torno do mesmo ainda sejam praticamente nulos, é já sabido que o mesmo voltará a ser constituído por dez núcleos. Os mesmo muito provavelmente será constituídos por 2 x Cortex-A53 a 1.0Ghz, 2 x Cortex-A53 a 1.5Ghz, 2 x Cortex-A72 a 2.0GHz e ainda 4 x Cortex-A72 a 2.5Ghz.

Vê também: Ulefone Power já vendeu 350 mil unidades e continua a fazer sucesso

MediaTek_HelioX20

Ora esta deverá ser a formula com a qual o COO da Mediatek, Zhu Shangzu, quer fazer tombar grandes concorrentes como a Qualcomm e a Samsung. A tarefa não se advinha nada fácil, mas para lá chegar a Mediatek tem ainda que conseguir levar o desempenho gráfico dos seus processadores a um nível superior.

Estamos ainda praticamente no início do ano de 2016, portanto é ainda muito cedo para falar sobre os próximos processadores flagship. No entanto isso não invalida esta concorrência, que em última instância irá sempre beneficiar o consumidor final.

Talvez queiras ver: