Mediatek_chip.jpg.pagespeed.ce.rmXm5aNBJl

A MediaTek é uma empresa sediada em Taiwan que se dedica ao desenvolvimento de processadores para smartphones. Claramente esta empresa não goza da fama que outras como a Qualcomm têm neste momento, mas que na realidade têm vindo a desenvolver um trabalho muito interessante ao longo dos últimos anos.

Vê também: Em breve poderemos começar a ver smartphones Samsung com processador MediaTek

   

Como o mundo tecnológico não para é necessário enviar novos produtos para o mercado e para que tal possa suceder é também necessário haver hardware que o suporte. Nesse sentido, a MediaTek apresentou os seus novos processadores Helio P20, Helio P25 e Helio X30.

Os dois primeiros modelos são de gama média alta, constituídos por oito núcleos de processamento, construídos pela TSMC ao abrigo do processo de 16 nanómetros e que suportarão módulos de memória RAM LPDDR4x.

helio-p20-p25

Os novos Helio P20 e P25 possuem uma melhoria de performance na ordem dos 20% quando comparados com o Helio P10 e uma eficiência energética 25% acima do seu antecessor. Sabemos ainda que o Helio P25 será capaz de suportar módulos de câmaras duplas com zoom óptico e um melhoramento no processamento das fotografias. Isto significa que dentro em breve poderemos começar a ver equipamentos de gama média com duas lentes fotográficas.

Passando agora para o novo processador de topo da marca Asiática, o novo Helio X30 possui novamente dez núcleos de processamento, também construído pela TSMC mas desta feita sob o processo de 10 nanómetros. Este Helio X30 consegue um aumento de performance de 43% face ao Helio X20 e uma economia energética de 53%.

helio-x30-specs-e1474815079789

Os seus núcleos são compostos por dois Cortex-A73 a 2.8GHz, quatro Cortex-A53 a 2.2GHz e ainda quatro Cortex-A35 a 2.0GHz.

Este Helio X30 será ainda capaz de suportar módulos de memória RAM LPDDR4x até um máximo de 8GB, incorpora uma gráfica PowerVR 7XTP-MT4, é capaz de suportar gravação de imagem a 4K a 30fps e conectividade LTE de categoria 10.


No papel são processadores com capacidades bem interessantes, mas resta-nos saber como se portarão no vida real. Isso só poderemos constatar daqui a alguns meses, quando começarem a sair para o mercado os primeiros equipamentos com estes novos processadores.

Talvez queiras ver:

Leica e Huawei irão abrir um centro de pesquisa e desenvolvimento conjunto

Mais um caso de um Samsung Galaxy S7 Edge que se incendeia, desta feita nas Filipinas

Surfista testa iPhone 7 e 7 Plus no oceano, terão os bad boys sobrevivido?

Viapocketnow
Fonteweibo
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.