LG vai desistir dos smartphones topos de gama já em 2021

Carlos Oliveira
Comentar

Há vários anos que a LG tem perdido influência no mercado de smartphones. Reflexo disso é a sua quota de mercado abaixo de 1%, mostrando que os consumidores perderam interesse nos equipamentos da sul-coreana.

Para tentar inverter esta tendência, a LG vai mudar a sua estratégia no mercado mobile. Ao que tudo indica, a sul-coreana não vai lançar nenhum topo de gama no próximo ano.

LG não encomendou nenhuma unidade do Snapdragon 875

De acordo com um relatório oriundo da Ásia, a LG ainda não fez nenhuma encomenda à Qualcomm para o seu próximo processador topo de gama. Ou seja, dificilmente veremos um smartphone da LG com um Snapdragon 875 no interior.

LG Velvet

Facilmente percebemos que esta medida tem que ver com os custos associados ao próximo processador de topo da Qualcomm. Algo que empresas como a Google já o fizeram, este ano, para conseguir baixar o preço dos seus equipamentos.

LG quer focar-se nos gama média

Ao que parece, a LG quer fugir dos smartphones que rondam os 1000€. Ao invés, a estratégia da sul-coreana é focar a atenção no segmento na casa dos 600€, que tem arrecadado muita atenção neste final de 2020.

Para isso, a LG terá já solicitado à Qualcomm uma grande quantidade do vindouro processador Snapdragon 775G. Este SoC será o sucessor do aclamado Snapdragon 765G, presente no LG Velvet, LG Wing ou OnePlus Nord.

Uma das principais apostas da sul-coreana para o próximo ano será o sucessor do LG Velvet. Tal como este, o próximo smartphone deverá contar com várias características premium, mas com um preço mais acessível.

Outra aposta da LG para o próximo ano será o seu projeto Explorer, do qual saiu o LG Wing. Este projeto consiste no desenvolvimento de equipamentos revolucionários, sendo que uma das próximas ideias da empresa é um smartphone com um ecrã extensível.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.