LG G6 LG G7
LG G7 – o sucessor do G6 pode chegar mais cedo do que esperávamos…

Apresentado durante o congresso Mobile World Congress em Barcelona, o LG G6 é o atual topo de gama (flagship) da construtora sul-coreana LG mas…estará na altura de considerar sequer o LG G7? O dispositivo apresenta várias características inovadores sobretudo no seu novo formato de ecrã. Finalmente, após o fiasco do LG G5, a marca parecia estar preparada para voltar em força a todos os mercados mundiais. Afinal de contas, o LG G6 é um dos melhores smartphone da atualidade.

Vê ainda: Xavier, o Malware que já infetou mais de 800 aplicações na Play Store

Por vezes as construtoras e grandes marcas decidem surpreender-nos e caso a LG decida apresentar o LG G7 já no congresso CES Las Vegas em janeiro de 2018 seria uma bela surpresa. Mas…seria sensato? Testamos o LG G5 e gostamos de algumas das suas características. Conhecemos o LG G6 em Barcelona em 1ª mão e adoramos o seu aspecto. Entretanto o flagship já chegou ao Brasil e está a ser bem recebido nesse gigante mercado. Em Portugal decidiu inspirar-se no D.Sebastião e poderá chegar numa manhã de nevoeiro…

   

LG G7 em Janeiro?

Atualmente a estratégia de lançamentos da LG é pouco clara. No mercado temos o LG G6 e ainda não é certo se um LG V30 será efetivamente apresentado como flagship de Outono. Portanto, antes de considerar-mos um LG G7 em janeiro temos que olhar para a gama “V”. Esta gama tende a ser a resposta da LG às novas apostas da Apple e da Samsung – Galaxy Note.

É minha profunda convicção que a sul-coreana não apresentaria o LG G7 já em janeiro se o  LG V30 for apresentado em Outubro. Seria extremamente contra-producente. Mesmo se o LG V30 for um exclusivo para os mercados asiáticos – o que só por si já é um erro.

Portanto, se o LG G6 nem sequer chegou a todos os grandes mercados mundiais – sendo a maior ausência sentida na Europa, o lançamento de um LG G7 em janeiro seria uma medida tosca e apressada. Compreendo que o G6 possa não ter o melhor processador do mercado. Contudo, a sul-coreana teve um mês de antecedência para preparar o stock de smartphones.

Será que não conseguiu produzir tantas unidades como havia pretendido? Ou terá simplesmente desistido do nosso mercado – ou pior ainda, será que fomos relegados para 2º plano? Bom, afinal de contas somos apenas cerca de 10 milhões de pessoas, um grão de areia face ao mercado brasileiro. Mesmo assim, não deixa de ser preocupante ver uma marca com tamanha dimensão a não trazer o seu topo de gama para o nosso mercado a tempo e horas.

LG G7 seria a estrela da CES Las Vegas

Admitamos, a LG perdeu a oportunidade de brilhar com o LG G6. A partir do momento em que o Samsung Galaxy S8 e S8+ chegaram às lojas o jogo acabou. Perante o poderio de mercado da Samsung a LG pouco ou nada pode fazer. Tão simples quanto isso. Portanto…olhemos para possíveis soluções e planos de ação.

LG G6 LG G7
O LG G6 surpreendeu o mundo com o seu novo ecrã, praticamente sem margens

Em janeiro temos um importante evento de tecnologia. O congresso CES Las Vegas (Consumer Eletronics Show) terá lugar entre os dias 9 e 12 de janeiro de 2018. Nos últimos anos esta evento tem-se centrado mais na Internet of thing (IOT) e na domótica – acessórios e gadgets para o lar. Contudo, já foi o palco de grandes anúncios da LG como o LG G Flex 2 na edição de 2015.

Note-se, o LG G7 teria na CES 2018 um palco só para si. Palco este que teria a atenção de todos os media e sem a presença de grandes rivais como a Samsung ou Huawei. Nem mesmo a Sony – construtora que a cada 6 meses lança novos topos de gama estaria presente. Portanto, face ao esmagador peso do Galaxy S8 e adivinhando-se um novo Galaxy S9 para a Mobile World Congress em finais de fevereiro de 2018, a CES pode ser uma boa jogada para a LG e o seu LG G7.

LG V30 no Outono ou LG G7 em janeiro?

O LG G7 chegaria assim ao grande palco com mais de um mês de antecedência sobre o seu futuro rival, S9. Resta saber se a LG conseguir aproveitar esta antecipação para preparar o stock e canalizar o seu produto para todos os principais mercados mundiais.

Seria sensato utilizarem o mais recente processador da Qualcomm – nem deveria ser preciso tocar nesse ponto – e espero que continuem a liderar no desenvolvimento de ecrã / telas. É uma marca com enorme potencial mas tem sido vítima de um mercado cada vez mais competitivo.

O lançamento do LG G7 em janeiro de 2018 poderá incomodar alguns utilizadores do LG G6 uma vez que o seu produto estaria a ser substituído mais cedo do que esperado. Contudo, para a LG pode ser uma oportunidade de ouro. A oportunidade de apresentar um LG G7 sem concorrência na altura. Resta é saber se as carteiras dos consumidores já terão recuperado da maratona consumista que caracteriza o Natal em pleno século XXI.

Qual é a tua opinião? Acreditas numa apresentação do LG G7 em janeiro do próximo ano? Será uma medida sensata ou nem por isso? Deixa os teus pensamentos na seção dos comentários.

Outros temas relevantes:

Xiaomi confirma que irá apresentar o Xiaomi Mi Mix 2 ainda este ano

Comissão Europeia prepara-se para aplicar multa milionária à Google

Asus ZenFone 4: o primeiro dos ZenFone 4 será o “MAX”

ViaThe Android Soul
FonteTheinvestor
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).