Leak mostra Snapdragon 820 com 35% de melhor performance que o Snapdragon 810

Filipe Alves

Qualcomm snapdragon

A Qualcomm ficou famosa pelos seus fantásticos processadores, os terminais com Qualcomm Snapdragon lá dentro é quase certo uma boa fluidez, ao longo do tempo a empresa Americana deu-nos razão para criarmos o fanatismo existente. Até que o processador Qualcomm snapdragon 810 foi lançado, o terminal foi uma mancha no Curriculum da Qualcomm, mas acabou por dar oportunidade a outras empresas de mostrarem as suas capacidades.

Hoje no mercado temos uma MediaTek a lutar pelo número 1 e a conquistar as OEM's com os seus Helios Deca-Core, a Huawei a apostar tudo nos seus Kirin, a leadCore a brincar aos namorados com a Xiaomi e a Samsung com os Exynos que batem recordes de benchmark. Num rápido resumo, a Qualcomm não se pode dar ao luxo de meter o pé na poça de novo.

Vê ainda: Rumor aponta para Meizu MX5 Pro com Exynos 7420

sd-820-01

Segundo um novo leak vindo da Weibo, mostra-nos que o novo processador da Qualcomm, o Snapdragon 820 terá bem mais qualidade que o seu antecessor. A passagem de um chip de 20nm para um de 14nm deverá aumentar a performance, diminuir o gasto de autonomia e finalmente não aquecer tanto o smartphone quanto o Qualcomm Snapdragon 810, isto tudo num número de 35% de aumento de performance segundo a fonte.

sd-820-02-641x336

A empresa Americana tem a apresentação, ou pelo menos vai-nos dar mais informações, sobre o novo processador no dia 10 deste mês, o Snapdragon 820 é muito esperado não só pelas OEM's mas também pelo público que quer ter a certeza que compra um smartphone e não um aquecedor portátil.

Alguns terminais são reportados virem a ser apresentados com o Snapdragon 820 e um deles é o flagship da Xiaomi Mi5, que poderá mostrar a cara mais para o final do ano.

Talvez queiras ver:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.