Chip processador

Foi hoje conhecido o primeiro Mega Computador com 1000 núcleos de processador. Certamente já ouvimos falar em Dual-core, Quad-core, Octa-core, Deca-core… Cada uma destas designações representam o número de núcleos que um processador possui.

Nos dias de hoje, encontramos tanto smartphones como computadores domésticos com processadores entre 2 a 20 núcleos, contudo derivado à exigência e à evolução tecnológica as empresas têm adoptado cada vez mais processadores mais velozes capazes que correr qualquer tipo de programa, sem qualquer tipo de problema.

   

Vê ainda: Surge uma atualização para o Facebook Messenger no Windows 10 Mobile

Porém toda a comunidade tecnológica ficou surpreendida com o desenvolvimento de um incrível processador com 1000 núcleos.

KiloCore 1
KiloCore chip

Desenvolvido pela UC Davis, o primeiro KiloCore é um componente capaz de lidar com qualquer atividade que exija tarefas simultâneas. A CPU com Mil núcleos é capaz de trabalhar facilmente com encriptação, tratamento de grande quantidade de dados científicos e codificação entre outras atividades que exigem muito processamento de informações.

Para além dos 1000 núcleos a sua performance não é o seu único destaque. Graças a tecnologia integrada no processador este é capaz de desligar cada núcleo individualmente sendo capaz de lidar com mais de 115 mil milhões de instruções por segundo e consome apenas 0,7w de potência. Os pesquisadores entendidos em eficiência energética afirmam que seria suficiente apenas duas pilhas do tipo AA para abastecer o conjunto.

Segundo o Prof. Bevan Baas, engenheiro eletrónico de computação orgulha-se da criação da UC Davis:

“Para o nosso conhecimento, esse é o primeiro chip de 1000 núcleos do mundo e é processador com o “clock” mais alto já projectado em uma universidade”. Essa CPU KiloCore possui um poder computacional máximo de 1,78 Trilhões de instruções por segundo e contém 621 transistores.

processador chip 2

Embora seja uma notícia muito bem recebida na comunidade científica e tecnológica, é muito improvável que o processador KiloCore comece a ser produzido em grandes quantidades.

Criado em parceria com a IBM, o chip foi fabricado com base em um processo relativamente antigo para a indústria, utilizando os 32 nanometros de litografia.

Nos dias de hoje, os processadores mais modernos já utilizam o processo de fabricação de 14 nanometros, o que mostra que essa CPU de mil núcleos ainda tem um longo caminho para alcançar os chips mais modernos. Todavia, agora sabemos que os nossos dispositivos estão ainda muito longe de alcançar o limite de núcleos que é possível adicionar a um chip.

Talvez queiras ver:

Artigo de Rui Octávio Freitas Castro para 4gnews.pt

ViaTecnomundo
FonteUCDavis

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho.
Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.