15151144_10206357665375044_555828683_n

Histórias de acidentes com dispositivos móveis em que os mesmos sobrevivem vão surpreendendo-nos de cada vez que vão surgindo. Por vezes, contra todas as expectativas e com o estado em que são encontrados, essas histórias quase ganham o rótulo de milagre. Pois bem, a história que nos chega hoje trata-se de algo que nem mesmo a mais religiosa das pessoas acreditaria na sua possibilidade.

Um individuo chamado Michael Guntrum, de Knox, Pensilvânia, num dia de pesca com os amigos, terá deixado cair o seu iPhone  4 ao rio enquanto tentava puxar o peixe que o seu isco teria atraído.

   

“Apanhei o peixe, mas não valeu a pena” – disse Michael Guntrum ao BuzzFeed News

Ver também: Samsung à procura de novo fornecedor de leitor de impressões digitais (sensor biométrico)

Até aqui, apenas mais uma história de um iPhone que vai parar ao fundo de um rio e acaba por se perder submerso. Ou assim pensava o seu dono. Uma deficiência na barragem daquele rio terá causado um corte na passagem das águas, alguns meses após o incidente, o que permitiu a muitos residentes da zona fossem sondar o fundo do rio, após este desaparecer temporariamente, à caça de possíveis objetos de valor.

Uma destas pessoas, Daniel Kalgren, resolveu fazer-se acompanhar do seu detetor de metais, sendo que, naquele dia, o único “tesouro” que encontrou terá sido o iPhone 4 de Michael Guntrum, enterrado numa cobertura de lama e barro, mas ainda dentro da sua capa protetora.

“Levei o dispositivo comigo para casa, limpei-o e coloquei-o em arroz – apenas por curiosidade para saber se ainda funcionava.” – disse Kalgren.

15226417_10206357716456321_113615778_n

O que aconteceu a seguir, merece quase uma menção bíblica: dois dias volvidos, o iPhone terá ligado e revelado a imagem dos Pittsburgh Penguins (equipa de hóquei em gelo de Pittsburgh, Pensilvânia) como protetor de ecrã. Após encontrar o número de Guntrum no próprio dispositivo, Kalgren contactou-o para lhe informar que o mesmo havia sobrevivido, inexplicavelmente, à queda no lago, querendo devolvê-lo.

“Enviou-me uma imagem e perguntou-me: ‘parece-lhe familiar?’. Reconheci-o pelo protector de ecrã” – disse Guntrum.

15211733_10206357716416320_1103345672_n

Kalgren terá informado o seu dono que irá devolver o iPhone pelo correio e Michael Guntrum terá já destino para o seu reaparecido smartphone, sendo que, depois de o reparar, pretende oferecê-lo: “A minha mãe precisa de um smartphone, por isso vou oferecer-lhe a ela”, disse ao BuzzFeed.

Esta é provavelmente uma das histórias mais surpreendentes sobre smartphones a sobreviverem a estes pequenos acidentes que já ouvimos, e se há algo que podemos retirar dela, é que este pequeno iPhone 4 não perde nada em comparação com os novos dispositivos com resistência a água.

Talvez queiras ver:

Lisboa Games Week 16| Um olhar ao evento
Android Nougat: Oukitel U7 Plus terá Beta Tester, mais modelos também receberão v7.0
Vernee Apollo Lite Review: 90 Mil no AnTuTu por menos de 200€