Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

iPhone 14 e iPhone 14 Pro chegam às lojas em Portugal. Sabe como comprar mais barato

Bruno Coelho
Comentar

Esta sexta-feira fica marcada pela chegada dos iPhone 14, iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max às lojas em Portugal. Os novos modelos foram lançados nos Estados Unidos ao mesmo preço das versões anteriores. Mas com a inflação e desvalorização do euro, sofrerem subidas de preços no nosso país.

No entanto, podes aproveitar para poupar uns trocos na compra dos novos modelos. Por exemplo, o iPhone 14 já pode ser comprado no site oficial da Apple e nos retalhistas em Portugal a partir de 1039 €. Mas na Amazon de Espanha, podes tê-lo por apenas 1025,67 € (já com IVA incluído).

Poupa nos novos iPhone 14 ao comprar na Amazon de Espanha

Sabe mais sobre preços e envios do iPhone 14

No caso do iPhone 14 Pro também sofreu um aumento considerável de preço, chegando ao nosso país por 1349 €. Mas na Amazon de Espanha, já com IVA incluído, podes tê-lo por 1340,80 €.

iPhone 14

Sabe mais sobre preços e envios do iPhone 14 Pro

A poupança também pode acontecer no iPhone 14 Pro Max. Este modelo chega ao nosso país a custar uns impressionantes 1499 €. Mas caso compres na Amazon de Espanha também podes poupar uns trocos, e tê-lo por 1 493,28 €.

Sabe mais sobre preços e envios do iPhone 14 Pro Max

iPhone 14

Estas são poupanças de alguns euros em smartphones já de si bastante caros. De realçar ainda que o iPhone 14 Plus ainda não se encontra à venda nas lojas, mas também podes pré-comprá-lo. No entanto, só vais recebê-lo a partir de 7 de outubro.

Este chegou ao nosso país por 1189 € na pré-venda. Mas se preferires a Amazon de Espanha, podes tê-lo por 1 178,16 € (com IVA incluído).

Sabe mais sobre preços e envios do iPhone 14 Plus

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.