Huawei P40 Pro terá uma das melhores câmaras para zoom

Carlos Oliveira
Comentar

Gradualmente começamos a receber mais informações sobre o próximo topo de gama da Huawei. Os mais recentes dados dão-nos uma ideia do quão poderosa será a lente de zoom do Huawei P40 Pro.

O conceituado Ice Universe adianta que o Huawei P40 Pro será capaz de oferecer até 10x de zoom ótico. Além disso, a lente em causa terá uma resolução de 16MP, o dobro do P30 Pro.

S11 + 5x optical zoom 48MPP40Pro 10x optical zoom 16MPTwo very different approaches

— Ice universe (@UniverseIce) 20 de dezembro de 2019

Quando falamos em zoom ótico estamos a falar na capacidade da câmara aproximar-se de um objeto sem perda de qualidade. O Huawei P30 Pro oferece 10x de zoom híbrido, que ao juntar zoom ótico com digital normalmente traduz-se em imagens menos nítidas.

Huawei P40 Pro será o primeiro a chegar ao mercado com zoom de 10x ótico

No início deste ano, a chinesa Oppo desvendou a sua tecnologia de zoom ótico de 10x. A tecnológica faz uso de uma lente periscópica para conseguir alcançar tais resultados.

Apesar das promessas da Oppo, continuamos sem ter um equipamento no mercado com essa capacidade. O máximo que a chinesa já fez foi lançar o Oppo Reno 10x zoom, mas híbrido.

P30 Pro

Com efeito, o Huawei P40 Pro prepara-se para ser o primeiro smartphone no mercado com zoom ótico de 10x. Um marco importante que colocará novamente a empresa na vanguarda da fotografia móvel.

A incorporação de zoom ótico de 10x parece ser uma das modas para o próximo ano. Outros relatórios informam que várias empresas do segmento premium preparam-se para adotar esta tecnologia, mas a Huawei deverá ser a pioneira.

Família P40 será revelada em março

Richard Yu, CEO do departamento mobile da Huawei, já anunciou que os P40 serão revelados em março do próximo ano. Uma vez mais, a tecnológica chinesa viajará até Paris para nos dar a conhecer os seus novos topos de gama.

O seu sucesso na Europa será uma incógnita devido à ausência dos serviços Google. Enquanto a Huawei não conseguir autorização norte-americana para trabalhar diretamente com a Google, os seus equipamentos são pouco apelativos no nosso mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.