Huawei P20 trará uma experiência de fotografia semelhante às DSLR

Rui Bacelar
DSLR fotografia Huawei smartphone Android Huawei P20 CEO Richard Yu
O CEO da marca promete uma revolução na qualidade de fotografia com smartphone. ©CNBC

Já em meados de julho de 2016 assistimos a uma promessa semelhante. Na altura, o topo de gama ou flagship da tecnológica chinesa era o Huawei P9. Estávamos em plena campanha de divulgação e a empresa partilhou uma foto que supostamente teria sido capturada com o Huawei P9. O primeiro topo de gama com uma dual-câmara traseira. A fotografia em si era fantástica. Com detalhes cristalinos e cores vibrantes. Algo nunca antes visto num smartphone, apenas com as DSLR. Agora, estamos prestes a conhecer os Huawei P20 e a promessa foi renovada.

Contudo, o destino viria a provar ser cruel para com a Huawei. Pouco tempo de pois veio-se a descobrir que a fotografia havia sido capturada com a câmara fotográfica DSRL Canon EOS 5D Mark III. Tal como se verificou aqui, a imagem tinha sido capturada com uma câmara topo de gama cujo preço rondava os 4500 dólares na altura. Entretanto a Huawei emitiu um pedido de desculpas.

Vê ainda: Google Fotos continua com um sério problema em mãos, a IA

Agora, o CEO da marca, Yu Chengdong (Richard Yu) contou à Android Authority durante o CES 2018 que a marca continuava a apostar no desenvolvimento da experiência fotográfica. Prometeu, para a próxima geração de topos de gama, os Huawei P20 que estes dispositivos incorporarão os mecanismos de inteligência artificial para proporcionar uma experiência semelhante à das DSLR.

Huawei P20 poderá proporcionar uma experiência de fotografia semelhante a uma DSLR

Integrar a inteligência artificial para proporcionar uma melhor experiência de fotografia. A tecnologia, os sensores fotográficos, as lentes e demais componentes de hardware passarão a trabalhar em conjunto com a Inteligência Artificial.

Tudo isto, com os Huawei P20, para proporcionar ao utilizar ferramentas que associamos às DSRL. Mas foi mais longe. Disse especificamente que a sua empresa quer trazer distâncias focais habituais nas DSLR para os seus smartphones topo de gama. Daqui a pouco ficaremos a conhecer os Huawei P20 e, seja com uma câmara dupla ou tripla, a fotografia será o seu principal ponto forte.

Atualmente a Huawei já faz um bom trabalho ao integrar várias novas funcionalidades de Inteligência Artificial na sua EMUI 8.0. Esta é a sua abordagem, a sua ROM, a sua skin ou UI baseada na mais recente versão do Android e com o Kirin 970 trouxe-nos um "motor" capaz de tirar um maior proveito da IA.

A Huawei não será propriamente a primeira a lançar um smartphone com uma câmara capaz de rivalizar com uma DSLR. Na altura, o Nokia Lumia 1020 já conseguia fazer isso mesmo. Entretanto, também a indústria fotográfica evoluiu e o Huawei P20 terá novos desafios a enfrentar.

A marca deverá apresentar a sua nova geração de topos de gama no Mobile World Congress em finais de fevereiro de 2018. Até lá, estaremos atentos a qualquer nova fuga de informação.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Já não precisas de Google Duo para receber vídeo-chamadas

Huawei conseguiu condenar em tribunal a sua rival Samsung

Android – Já podes saber quem te mencionou no WhatsApp

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.