Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Huawei Mate 50 Pro é o novo 'Rei' da fotografia na DxOMark

Rui Bacelar
Comentar

A Huawei vem assim provar que não precisa de parcerias onerosas como a que até há bem pouco tempo ostentava, com a LEICA, para se superar continuamente no departamento fotográfico. Aliás, não precisa sequer de vender grandes volumes de smartphones como outrora, ou de colocar o seu novo Huawei Mate 50 Pro no mercado global para alcançar o pódio na DxOMark.

Até então dominado pelo smartphone Google Pixel 7 Pro, a tabela da DxOMark é agora encabeçada pelo mais recente telemóvel topo de gama da Huawei. Lugar de destaque que, aliás, partilhava com o Honor Magic4 Ultimate (irmão gémeo do novo Huawei). Porém, temos agora um novo líder na figura do Mate 50 Pro, telefone apresentado em setembro de 2022.

Bom augúrio para o global do Huawei Mate 50 Pro

smartphone Huawei Mate 50 Pro

Sem serviços Google, nem acesso às redes móveis 5G, este smartphone dificilmente terá uma receção calorosa junto dos consumidores. Porém, tal não o impede de brilhar novamente no quesito fotográfico com excelentes capacidades de imagem e vídeo.

A recente estreia do Mate 50 Pro no mercado global fez-se acompanhar pela divulgação dos testes efetuados pela agência DxO, responsável pelo ranking DxOMark. Com efeito, mesmo sem a Leica, o mérito da Huawei é inquestionável neste departamento.

A quem procura o melhor smartphone para fotografia em 2022, terá neste equipamento Huawei a melhor compra. O telemóvel pontuou um total de 149 no ranking geral da DxOMark, superando assim o anterior líder, o Google Pixel 7 Pro.

149 pontos valem o 1.º lugar na DxOMark ao Huawei Mate 50 Pro

smartphone Huawei Mate 50 Pro
Avaliação detalhada do smartphone Huawei Mate 50 Pro na plataforma DxOMark.

O Huawei Mate 50 Pro possui um sistema de câmara fotográfica tripla. É composto por um sensor de 50 MP + 64 MP + 13 MP com estabilização ótica da imagem (OIS), bem como ampliação ótica (zoom) de 3,5 vezes, bem como abertura variável da objetiva.

O resultado? Uma pontuação geral que supera agora tanto o Google Pixel 7 Pro como o Honor Magic4 Ultimate, os anteriores líderes da tabela com 147 pontos no somatório das capacidades.

O Huawei Mate 50 Pro foi anunciado na China em setembro de 2022

Huawei Mate 50 Pro

A análise da DxOMark ao smartphone da Huawei refere as prodigiosas capacidades de captação de imagem em condições de baixa luminosidade. Toca ainda na inovação presente nas câmaras com o sistema de abertura variável da objetiva, bem como na qualidade de imagem conseguida pela objetiva ultra-grande angular.

Para além disso, refere como excelentes as capacidades de ampliação ótica da imagem, sem perda de qualidade, mesmo a longa distância. Por fim, refere como sendo de alta qualidade a captação de vídeo no interior e exterior.

Porém, aponta como negativa a lentidão do obturador ou shutter lag em determinadas condições, sobretudo quando a luz escasseia. Há, também, uma representação inicial da imagem que não vai ao encontro da realidade na pré-visualização.

Google Pixel 7 Pro é agora o segundo classificado na DxOMark

smartphone Google Pixel 7 Pro

Ecrã: LTPO AMOLED Full-HD+ de 6,7'' a 120 Hz
Processador: Google Tensor G2 (5 nm)
RAM: desde 8 GB
Armazenamento: desde 128 GB
Câmaras: 50 MP + 48 MP + 12 MP / 10,8 MP
Bateria: 5 000 mAh a 23 W
Cores: Obsidian, Snow, Hazel

Lançamento: outubro de 2022

Ao contrário do Pixel 7 Pro, o smartphone da Huawei não tem acesso aos serviços Google, nem às redes 5G fora da China. Desse modo, para quem esteja à procura de um smartphone premium, que poucos consumidores terão em Portugal, a nossa recomendação vai para o Pixel 7 Pro.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt