Huawei já está a negociar a "venda" de tecnologia 5G nos Estados Unidos

Vitor Urbano
Comentar

De acordo com novas informações avançadas pela Reuters, a Huawei está numa fase in inicial de negociação para o licenciamento das suas patentes e tecnologias 5G a empresas norte-americanas. Estas negociações foram confirmadas pelo Vice Presidente da fabricante, Vincent Pang.

Apesar de não ter revelado nomes de possíveis operadoras envolvidas nas negociações, Pang referiu que estão ainda numa fase muito inicial das negociações. Ao que parece, os envolvidos nas negociações estão interessados tanto em acordos a longo prazo, como também uma compra direta.

Possível compra de equipamentos da Huawei não agrada ao governo de Donald Trump

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei foi o primeiro a sugerir que poderia ser acordado o acesso a patentes, licenças, código e equipamentos da Huawei, tudo através de uma única transação. No entanto, o governo norte-americano vê esta hipótese como muito perigosa.

Um oficial referiu que a ideia de ver operadoras móveis passarem a controlar todo o equipamento e software da Huawei é irrealista. Isto porque, podem existir bugs (propositados ou não), que para as operadoras será impossível de determinar a sua existência. Desta forma, acabariam por ficar ainda mais vulneráveis.

Ainda que não tenha confirmado a existência de nenhum acordo, Pang relembrou que mesmo com uma transação única, os custos de manutenção e desenvolvimento das redes 5G seria extremamente dispendioso para as empresas.

Huawei redes 5G Estados Unidos

Operadoras dos Estados Unidos estão a ficar sem opções para as redes 5G

Além dos problemas criados à Huawei, as medidas do governo de Donald Trump estão a ter um grande impacto também nas empresas americanas. Depois dos 'danos' causados em empresas que vendiam hardware à Huawei, agora são as operadoras a enfrentar a nova vaga de problemas.

A Huawei investiu muitos milhões de euros ao longo da última década para desenvolver as suas redes 5G e expandir a sua rede de hardware em todo o mundo. Atualmente, os Estados Unidos não têm nenhum fornecedor de redes 5G e as alternativas são totalmente inviáveis.

Foi considerada a possibilidade de recorrer a alternativas da Europa, mas as ofertas da Ericsson e Nokia são simplesmente demasiado caras.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.