Huawei interrompe o desenvolvimento de novos computadores

Carlos Oliveira
Comentar

Segundo o que avança a publicação Digitimes, a Huawei interrompeu o desenvolvimento de novos computadores. Esta decisão é mais uma consequência direta da tensão que existe entre a empresa chinesa e os Estados Unidos.

De acordo com a fonte, a empresa chinesa notificou os seus fornecedores para interromperem a entrega de componentes para este tipo de equipamentos. Esta suspensão não tem uma data de término definida, uma vez que a Huawei ainda não possui forma de contornar os problemas que originaram esta medida.

Suspensão das relações com Intel e Microsoft estão na origem desta decisão

Após a proibição de negociar com empresas norte-americanas, a Huawei viu as suas parcerias com a Intel e Microsoft serem suspensas. Significa isto que a empresa chinesa perdeu o acesso ao seu fornecedor de processadores para os seus computadores, bem como do seu sistema operativo.

Neste momento, a Huawei não possui qualquer alternativa a estas opções, uma vez que também a AMD é uma empresa norte-americana. Assim sendo, a tecnológica chinesa vê-se sem processadores e sem sistema operativo para os seus produtos. O resultado não poderia ser outro que não a suspensão da sua produção.

Ao contrário do que sucedeu com o seu departamento mobile, a Huawei não possui qualquer inventário informático. Em momento algum a chinesa adquiriu stock a mais de processadores Intel, o que agora a deixa sem matéria prima para a construção de novos computadores.

Qual será o futuro do departamento de informática da Huawei?

Depois da decisão de Donald Trump, a Huawei tem dois caminhos a seguir: desistir do segmento de informática ou começar a desenvolver as suas alternativas próprias.

No caso de a ordem norte-americana não for revertida, a Huawei não tem outro caminho que não a segunda hipótese para evitar a primeira. Ou seja, caso não consiga desenvolver o seu software e o seu hardware terá mesmo de abandonar este mercado.

Importa notar que o desenvolvimento do seu hardware e software não acontecerá de um dia para o outro. Para efeitos de comparação, o Oak OS já estaria a ser preparado desde 2012. Significa que mesmo que a Huawei queira desenvolver o seu sistema operativo para PC´s, ainda levaria alguns ano até estar concluído.

E o mesmo aplica-se ao desenvolvimento dos seus processadores. Neste caso, as coisas poderiam ser ainda piores, pois algumas tecnologias necessárias a este processo são norte-americanas.

Sabe mais sobre os problemas da Huawei:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.