A HTC é uma construtora asiática, com base em Taiwan, outrora bastante conhecida pelos seus smartphones extremamente elegantes e bem construídos para a época. Contudo, uma série de más decisões e de smartphones pouco empolgantes ditaram o seu desaparecimento do mercado nacional. Aliás, a HTC desapareceu praticamente do mapa mas hoje, em pleno 2017, lançou algo digno de menção, o HTC U11 é um smartphone como nunca viste, ou sentiste!

O HTC U11 acabou de ser apresentado e é um smartphone repleto de excelentes especificações, com bastantes novidades e um design que certamente não passará despercebido. Conseguirá este novo topo de gama trazer o nome da marca de novo à ribalta? A seu tempo teremos a resposta. Agora, vamos conhecer o novo HTC U11.

Lê ainda: Motorola Moto C e Moto C Plus foram apresentados oficialmente

   

À primeira vista o HTC U11 parece uma amálgama entre o seu antecessor, o HTC 10 e os controversos HTC U, daí a escolha do novo nome para este topo de gama. Juntando o melhor das duas gamas, resta saber se o público aprovará esta decisão. Contudo, para além do design e aparência este smartphone é completamente diferente na forma como o utilizador final poderá interagir com o equipamento.

Eis o novo HTC U11

HTC U11
O novo e irreverente HTC U11

A nova Edge Sense que será capaz de reagir consoante os “apertos” a pressão que coloques nas suas laterais. Em suma, a HTC quer que tu espremas o seu novo flagship ou topo de gama.

A nível de especificações técnicas, num rápido vislumbre temos o seguinte:

Sistema Operativo Android 7.1 Nougat
Dimensões, Peso 153.9 x 75.9 x 7.9 mm, 169 g
Ecrã / Tela 5.5 polegadas, Quad-HD Super LCD 5 (2560 x 1440p)
Processador (SoC) Qualcomm Snapdragon 835
Memória RAM 4 GB (6 GB em alguns mercados)
Câmaras Traseira: Dual Pixel de 12MP com OIS (f1.7)
Frontal: 16MP (abertura f1.7)
Armazenamento 64 GB (128 GB em alguns mercados)
Bateria 3,000 mAh
Atributos Especiais Certificação IP67, Edge Sense

Tal como já referi, o HTC U11 é um misto entre o novo e o antigo. O aspecto frontal do equipamento é bastante semelhar ao HTC 10, e até o botão central Home, na margem inferior do smartphone. Temos ainda a câmara frontal e o auscultador, ambos ligeiramente menores neste novo HTC U11. Pelo lado positivo temos agora um vidro Gorilla Glass 5 que reveste toda a frente do smartphone e lhe dá um aspecto levemente curvo.

O ecrã ou tela possui 5.5 polegadas com resolução Quad-HD (2560x1440p). Esta tela LCD é um bom upgrade em termos de tamanho face ao antigo topo de gama, o HTC 10.HTC U11

A traseira do dispositivo já nos apresenta uma familiaridade com a linha HTC U. Temos aqui a cÂmara principal, redonda e o flash dual-LED. Contudo, o grande ponto de destaque é o smartphone em si, ou melhor, a sua carcaça / chassis!

O HTC U11 estará disponível em várias cores, todas elas com um acabamento extra-brilhante. Será impossível não reparar neste smartphones, seja em Preto, Azul, Prateado ou Branco. As cores disponíveis variarão consoante o mercado a que se destinem.

O HTC U11 possui uma estrutura metálica que podemos ver e sentir nas suas laterais. Contudo, este metal funde-se perfeitamente com o seu painel frontal e traseiro, tal como nos Samsung Galaxy S8 e Galaxy S8+. Na aresta inferior temos uma porta USB do Tipo C e, infelizmente, sem porta jack de 3.5mm. Já na aresta direita temos os típicos botões do Volume, de On/Off e os sensores de pressão utilizados pela Edge Sense.

HTC U11- À primeira vista!

Neste HTC U11 a marca trouxe-nos todas as especificações de topo para um flagship em 2017. Desde o processador Snapdragon 835 da Qualcomm que também equipa as variantes norte-americanas do Samsung Galaxy S8 e Galaxy S8+, estando também presente no Xiaomi Mi6 e no Sony Xperia XZ Premium. Temos ainda os 4GB de memória RAM (6GB em alguns mercados asiáticos) e 64GB de armazenamento (128GB em alguns mercados asiáticos). É na bateria, contudo, onde o HTC U11 não brilha assim tanto, com 3000mAh mas podermos ter boas surpresas.

Temos ainda certificação IP67 no HTC U11, tal como no Apple iPhone 7, um pouco abaixo da certificação IP68. Na prática, o novo HTC é resistente ao pó e a salpicos, ao passo que uma imersão poderá danificar o smartphone.

A marca não desistiu de um dos seus pontos fortes, o áudio no HTC U11 estará assegurado pelo DAC (digital to analogue converter) de alta resolução (Hi-res) com a tecnologia BoomSound para um processamento de áudio primoroso. Infelizmente não tens colunas frontais mas, mesmo assim, a marca promete uma espetacular experiência de áudio.

Neste ponto, apesar de o HTC U11 não possuir um jack de 3.5mm, vem equipado já com uns earphones USonic com a assinatura da marca. Possuem cancelamento ativo do ruído, interface USB do Tipo C e, pelo menos, temos um adaptador (dongle) de USB-C para jack de 3.5mm.

Foto e Vídeo no HTC U11

HTC U11

Apesar de ter removido o jack de 3.5mm a HTC não seguiu a moda da câmara dupla no seu HTC U11. Temos, contudo, a tecnologia da marca, o UltraPixel com um sensor de 12MP. Na prática, a marca abdicou do laser autofocus, optando pelo sistema Dual-Pixel para uma focagem extremamente rápida. A abertura da lente é de f/1.7 para deixar entrar bastante luz.

Lê ainda: Há dois smartphones capazes de capturar melhores fotografias que o Galaxy S8

A câmara frontal do HTC U11 tem mais MegaPixels do que a câmara traseira. Verdade, temos aqui 16MP para as tuas selfies portanto usa e abusa desta câmara frontal. O software da câmara também te deixará capturar imagens em RAW, HDR, vídeo em câmara lenta (120 fps @ 1080p) e claro, o 4K (Ultra-HD). Esta câmara já foi aclamada pelos especialistas da DxOMark como a melhor do mercado, superando até a do Google Pixel.

Espreme o teu HTC U11- Edge Sense

HTC U11

Esta é a grande novidade do HTC U11, a sua nova interface e a capacidade de as suas laterais registarem e reagirem conforme os vários níveis de pressão aplicados nas suas laterais. Imaginem um Force Touch ou 3D Touch aplicado às laterais do smartphone. O HTC U11 reagirá de acordo com a força e todas estas características e funcionalidades serão explicadas em detalhe, aqui na 4gnews.

Por último, a nível de preços, o HTC U11 deverá custar menos do que um LG G6 e do que um Huawei P10 Plus. Para tentarem conquistar os consumidores a HTC precisava de baixar os seus preços e, efectivamente, o HTC U11 custará $650 dólares.

Este valor surpreendeu-me pela positiva e, apesar de este ser o preço para o mercado norte-americano, espero que chegue à Europa com a mesma etiqueta. Se assim for, creio que o HTC U11 pode conquistar algum do seu antigo público e até mesmo criar novos fãs.

Em suma, o HTC U11 chegará aos mercados a partir de junho por cerca de $650 dólares. Promissor, bastante!

Outros assuntos relevantes:

Huawei Y3 2017: Este é o novo gama de entrada da Huawei

Google Assistant irá ficar disponível para iOS ainda esta semana

The Legend of Zelda: Versão “Mobile” pode estar para breve