HomTom S16 - O smartphone de entrada com ecrã infinito por 51€

Filipe Alves
Homtom S16
Este é o HomTom S16

Já é sabido que a moda de "ecrã infinito" chegou para ficar. Este HomTom S16 não quer fugir à ideologia e oferece possibilidade aos utilizadores de terem um terminal diferente por baixo preço.

A HomTom é conhecida por nos oferecer smartphones de gama de entrada e gama-média por um preço bem abaixo do normal, este HomTom S16 entra nesse mesmo segmento.

Vê ainda: Uber terá em Lisboa o seu novo Centro de Excelência para a Europa

O terminal dá-nos um ecrã de 5.5" polegadas HD 18:9 feito pela Sharp, ou seja, o terminal terá um ecrã grande mas devido às margens mais finas encaixará na mão de forma mais confortável.

Quanto ao resto das especificações temos apenas de esperar um dispositivo de gama de entrada. Falo do processador MediaTek MT6580, 2GB de memória RAM, Android Nougat 7.0 e possibilidade de expandir via MicroSD.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

HomTom S16 é um gama de entrada com um ecrã que te surpreenderá

Tal como os concorrentes de origens chinesas este HomTom S16 dá-nos ainda a possibilidade de utilizar dois cartões SIM e um leitor de impressões digitais duvidosamente implantado ao lado da câmara, tal como o Galaxy S8.

A verdade é que pelo preço de 51€ não podemos esperar milagres. O smartphone tem uma construção de plástico e não tenta ser algo que não é. O HomTom S16 é uma gama de entrada desenhado para todos aqueles que querem um dispositivo para pequenas tarefas.

Acredites ou não, este tipo de smartphones tem uma procura bem maior do que os gama-alta que nos custam os olhos da cara. É verdade que pode não fazer as coisas tão rápidas quanto um Galaxy S8 ou iPhone 8, contudo, não nos arruina a carteira e cada vez mais isso é importante.

Outros assuntos relevantes:

Google investiga problemas reportados no ecrã do Pixel 2XL

Sony Xperia XZ Premium começa já hoje a receber o Android Oreo

Google Play Store tem algumas surpresas na nova versão- Download APK

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.