Gretel A7 VS Nokia 3310, quem prevalece?

O Nokia 3310 está quase a chegar ao mercado e claro que a emoção e nostalgia faz dos nerds olhar para a carteira de uma forma menos séria e perder o juízo a uma nota de 50€.

O Nokia 3310 foi apresentado na Mobile World Congress e segundo novas informações, o telemóvel da HMD Global, dona da Nokia, deverá chegar por um preço abaixo dos 50€. O Nokia 3310 não nos dá nada demais, aliás o telefone é isso mesmo, apenas um telefone portátil.

Vê ainda: Samsung Galaxy Note 8 poderá ser apresentado na IFA em Berlim

   

Hoje a Gretel, jovem empresa chinesa de smartphones, enviou uma newsletter a todos os seus seguidores para investirem o seu dinheiro em algo melhor do que apenas um feature phone.

Diferença entre o Gretel A7 e Nokia 3310 nas especificações

O conselho da empresa passa pelo novo equipamento da marca Gretel A7. Ao contrário do Nokia 3310, o Gretel A7 é um smartphone com possibilidade de instalar aplicações e com o sistema operativo Android.

Pré-venda do Gretel A7 já chegou online

O Gretel A7 é ainda um equipamento que nos dá uma resistência fora do normal, principalmente para o preço que apresenta. O dispositivo foi mostrado num vídeo da empresa onde satisfatoriamente enrola o papel de um quebra nozes.

Gretel A7 ou Nokia 3310? Qual vais escolher?

A verdade é que o Gretel A7 é certamente um melhor investimento que o Nokia 3310. O terminal da empresa Finlandesa pouco mais oferece a não ser o nome e o jogo da cobrinha, contudo, continua a ser um símbolo forte de nostalgia que é difícil de ignorar.

Já num olhar mais detalhado ao Gretel A7, este oferece um processador MediaTek MT6580, 1GB de RAM, 16GB de memória interna, ecrã de 4.7″ polegadas HD que é também protegido por Gorilla Glass.

 

As especificações não são muitas e este terá de ser um smartphone a pensar em pessoas que não o usem de uma forma séria, porém, terei de dar a mão à palmatória, realmente o investimento no smartphone é mais vantajoso que o do Nokia.

Mesmo assim, acredito que a minha carteira venha a sorrir à mesma ao equipamento da empresa Europeia.

Outros assuntos relevantes:

UMIDIGI C Note: De um bloco em alumínio ao smartphone (vídeo)

Xiaomi Mi 6: Primeira “fornada” terá 80 mil unidades. Suficiente?

Samsung Galaxy S8: Os segredos bem guardados da sua câmara frontal