Fuchsia OS Google
A primeira visão do Fuchsia OS da Google

Não é segredo para ninguém que a Google está a desenvolver um novo sistema operativo. Aquele que conhecemos como Fuchsia OS poderá muito bem vir a ser o substituto do Android. Mas esta é apenas uma suposição, uma vez que a empresa de Mountain View ainda não explicou o propósito deste novo sistema operativo.

O Fuchsia OS, pelo que é conhecido sobre o mesmo, parece estar preparado para multi-plataforma. O mesmo deverá ser capaz de funcionar em tablets, smartphones e até mesmo em computadores. É aquilo que podemos retirar da recente chegada deste SO ao Pixelbook.

Vê ainda: OnePlus 6 trará gestos para navegação neste topo de gama Android

Ou seja, se muitos criticam o Android por não estar preparado para ecrãs de grandes dimensões, esta poderá ser a resposta da Google. Apesar de o Fuchsia OS estar ainda numa fase prematura do seu desenvolvimento, são já alguns os pormenores que sabemos sobre ele.

Para além da sua adaptação a vários tipos de dispositivos, sabe-se também que este é baseado no kernel Zircon, desenvolvido pela própria Google. Este está ainda a ser desenvolvido numa linguagem de programação também criada pela gigante das pesquisas.

Assim sendo, apesar de ser um sistema operativo de código aberto, o mesmo está a ser criado de raiz pela Google. Todo o tipo de ferramentas necessárias ao seu desenvolvimento são da responsabilidade da empresa norte-americana.

Já podes ter um primeiro contacto com o Fuchsia OS da Google

Para além dos detentores de um Pixelbook, ainda não existe forma de testarmos este novo sistema operativo. Mas isso é algo que muda a partir de agora. Já é possível testar o novo Fuchsia OS através deste site. Isto permite que o possas fazer em qualquer dispositivo com acesso à internet.

No entanto, aviso-te desde já que não haverá muito para mexer neste primeiro contacto. São poucas as possibilidades que temos ao nosso dispor. Poderás clicar e navegar um pouco pelos menus que se encontram disponíveis, mas nada de mais.

Se estiveres no teu smartphone, serão apresentados dados referentes ao estado da sua bateria e a rede a que te encontras ligado. Já se estiveres no PC, estes dados serão genéricos restando-te a navegação pela sua limitada interface. Para isto basta que cliques no botão “Guest” presente no canto inferior direito do teu ecrã.

Se és um curioso e pretendes uma ideia muito subtil do que a Google anda a preparar, esta é a tua oportunidade. Como referi, não há muito para fazer neste site, ficando apenas uma pequena ideia de como o Fuchsia OS se encontra neste momento.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei cada vez mais forte, Xiaomi a ganhar terreno no mercado Android

Android. Samsung Galaxy J7 Duo (2018) mostra-nos um design tradicional

Xiaomi Black Shark revela agora o seu perfil, chega no dia 13 de Abril

Fonte | Via

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.