Google testa reações a mensagens SMS enviadas a partir do iPhone

Rui Bacelar
Comentar

A Google tem pressionado a Apple no sentido de adotar o padrão de comunicações RCS para troca de mensagens SMS através dos Apple iPhone e smartphones Android.

O objetivo? Unificar a experiência de utilização para acabar com "mensagens quebradas" ao enviar SMS de um iPhone para um Android e vice-versa.

Até ao momento os esforços da Google foram em vão. A Apple não abdicará do seu iMessage, plataforma proprietária que continua a reforçar com melhorias significativas. Desse modo, a Google testa agora uma nova abordagem para as SMS.

As reações estão a caminho das SMS enviadas através do Apple iPhone

Apple iPhone

Ainda que até ao momento seja virtualmente impossível ter a mesma experiência de utilização ao trocar mensagens SMS entre dispositivos Apple e smartphones Android, a Google tenta encontrar um meio-termo.

Fá-lo, agora, com a implementação das reações, em smartphones Android e iOS (iPhone), de reações às mensagens recebidas através de ambas as plataformas. Não obstante, a Apple mantém a sua posição firme, tal como Tim Cook o explicitou.

Ao ser questionado por um jornalista sobre a possibilidade de a Apple adotar o padrão RCS, de modo a unificar a experiência de utilização, Tim Cook referiu que o mesmo deveria comprar um iPhone para a sua mãe.

Ou seja, o iMessage será a plataforma de eleição, um trunfo exclusivo dos Apple iPhone.

Reações a mensagens SMS enviadas entre smartphones Android e Apple iPhone

Google
Crédito: Reddit / u/Jabjab345

As novidades foram detetadas pelo utilizador u/Jabjab345 da plataforma Reddit, aparentemente em fase de testes junto de um grupo seleto de utilizadores.

Em causa está, como referido supra, a capacidade de reagir a mensagens SMS enviadas de um Apple iPhone para um smartphone Android e vice-versa. Algo que até agora não era possível entre diferentes plataformas e sistema operativos.

Não é, contudo, uma adoção do padrão RCS para as mensagens de texto SMS como pretende a Google, mas pode ser o meio-termo mais favorável para os utilizadores que alguma vez teremos.

Tim Cook não abdica do iMessage em detrimento das SMS com RCS

I text my iMessage friends from my MacBook and everybody else from my Android phone. The experience is so broken. Please fix this @tim_cook 🙏 https://t.co/VTLJa4Gn0B

— Carl Pei (@getpeid) 10 de agosto de 2022

Assim sendo, quando um utilizador de Android reagir a uma mensagens SMS enviada através do iPhone, o utilizador verá a respetiva mensagem a apresentar o emoji utilizado como reação para aquela comunicação.

Em suma, a Google terá aprendido com a Apple. Isto é, atualmente os utilizadores iOS (iPhone) podem reagir a mensagens SMS que, no que lhe concerne, enviam uma nova mensagem SMS para o destinatário, neste caso para smartphones Android, e envia uma nova comunicação contendo o emoji.

Daqui em diante, caso esta versão seja implementada pela Google no sistema operativo Android e disponibilizada globalmente, estas reações figurarão diretamente na mensagem original. Assim, sem que a Apple cedesse neste braço de ferro, a Google trabalhará para dar uma melhor experiência de utilização aos seus utilizadores.

I had to spill the tea…. help @apple #GetTheMessage #ad pic.twitter.com/EljxFqqp1d

— Vanessa Hudgens (@VanessaHudgens) 10 de agosto de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt