Google precisa de 60 anos para vender tantos smartphones como a Samsung vende num

Bruno Coelho
Comentar

Esta quinta-feira são apresentados os Google Pixel, novos smartphones da tecnológica de Mountain View. Ao que tudo indica, a Google parece finalmente dedicada a vender mais smartphones, levando os equipamentos para mais mercados.

A gama Pixel foi originalmente lançada em 2016. E segundo os dados mais recentes dos analistas da IDC, as vendas da gama Pixel são uma verdadeira ‘anedota’ quando comparadas, por exemplo, com a líder de mercado Samsung.

Google Pixel venderam apenas 27,6 milhões de unidades desde 2016

Vlad Savov, da Bloomberg, avançou no Twitter os números mais recentes dos dados da IDC. E este revela que, desde o lançamento original dos Google Pixel, foram vendidas 27,6 milhões de unidades.

Since Google launched Pixel phones in 2016, it's sold 27.6 million units. That's 1/10 of Samsung's 2021 sales. In other words, Google would need 60 years to sell as many phones as Samsung sells in one.Data: IDC

— Vlad Savov (@vladsavov) 4 de outubro de 2022

Para se ter uma noção, estes números totais das vendas de smartphones Pixel representam apenas 1/10 das vendas da Samsung mobile durante o ano de 2021. O que significa que, a este ritmo, a Google precisaria de 60 anos para vender tantos equipamentos como a Samsung vende num.

Como é óbvio, a comparação é feita apenas com a líder de mercado mobile. Mas outras marcas como a Apple, Xiaomi, Vivo ou Oppo também venderam muitos mais smartphones que a Google durante o ano de 2021.

Uma parte importante destes números prende-se com o facto de a Google apenas cingir as suas vendas a poucos mercados. E para vermos uma mudança, a Google terá de repensar a sua estratégia.

Com a apresentação dos novos Google Pixel 7 a acontecer no final desta quinta-feira, ficaremos a saber se algo muda neste sentido.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt