Google Pixel Watch com autonomia que desilude e fica atrás de toda a concorrência

Mónica Marques
Comentar

A Google já revelou que o seu primeiro smartwatch vai chegar este ano, no outono, talvez um pouco depois do novo Watch Series 8 da Apple.

Mas os últimos rumores sobre o Pixel Watch estão a desiludir os utilizadores e a alegrar a concorrência. É que o primeiro smartwatch da Google pode ter autonomia para apenas 24 horas…

Google Pixel Watch com bateria para apenas 24 horas de funcionamento

Google Pixel Watch
Foi na conferência conferência I/O deste ano que a Google revelou a data de lançamento do Pixel Watch Crédito@Google

Na sua conferência I/O que decorreu no passado mês de maio, a Google anunciou que o seu primeiro smartwatch vai chegar este ano ao mercado. Segundo a gigante de pesquisas, o agora conhecido como Pixel Watch terá o seu lançamento no outono, muito possivelmente a seguir à apresentação do novo Watch Series 8 da Apple.

Mas os últimos rumores relacionados com o wearable estão a desiludir muitos utilizadores. O site 9to5Google está a noticiar que a última atualização da aplicação Fitbit integra um conjunto de códigos relativos ao Pixel Watch. Entre estes está um lembrete para os utilizadores do wearable carregarem o smartwatch antes de ativarem a funcionalidade de monitorização do sono. Mais especificamente, o código diz “receba uma notificação antes do objetivo de dormir se a bateria do Pixel Watch estiver muito fraca para monitorizar uma noite de sono”.

Este código parece indicar que a bateria integrada no Pixel Watch apenas tem autonomia para 24 horas de funcionamento, antes de necessitar de ser ligado à corrente.

Outro código descoberto pela mesma fonte reforça esta ideia, dizendo “precisa de pelo menos 30% de carga para acompanhar uma noite inteira de sono”.

Tendo em conta que o Watch Series 7 com oito minutos de carregamento aguenta oito horas de monitorização de sono e o novo Samsung Galaxy Watch 5 leva 80 horas de funcionamento entre cargas (valores anunciados pela marca), o Pixel Watch vai ficar muito atrás da sua concorrência mais direta.

Funcionalidades esperadas no Google Pixel Watch

Entretanto, alguns rumores revelaram já os recursos que podemos esperar ver no primeiro smarwatch Google.

Nesse sentido, sabemos que chega com suporte para Google Assistant, integração com Fitbit para monitorização de saúde e de atividade desportiva e também suporte para Google Maps, sem a necessidade da presença de uma smartphone.

Conta ainda com suporte para Google Wallet, monitorização da qualidade do sono, rastreamento da frequência cardíaca e várias braceletes diferentes para acoplar.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.