Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro podem desiludir neste aspeto em 2022

Rui Bacelar
Comentar

O Google Pixel 7 é o próximo smartphone Android topo de gama da gigante das pesquisas, ainda sem data confirmada para a sua apresentação oficial. Recordamos, contudo, que a geração atual - Pixel 6 - foi apresentada em outubro de 2021.

Estamos, portanto, a largos meses da sua chegada ao mercado, mas recordamos também que a própria Google divulgou o smartphone na íntegra durante o verão do ano passado, vários meses antes de ambos os smartphones chegarem às lojas.

Perante esta realidade somos agora contemplados com uma fuga de informação particularmente preocupante para quem estava à espera de um novo leque de câmaras fotográficas nos próximos "embaixadores" do sistema operativo Android.

Google Pixel 7 e 7 Pro têm detalhes da câmara revelados na Internet

Google Pixel 7

As informações são agora avançadas pelo leaker Yogesh Brar, fonte com bom histórico de fiabilidade no mercado mobile, apontando os mesmos sensores para a nova geração de smartphones. Trata-se, como o próprio indica, de uma mera possibilidade.

O mesmo hardware com melhorias potenciadas pelo software

Google Pixel 7

Não obstante, o uso dos mesmos sensores de 50 MP + 48 MP + 12 MP, contamos com alguma otimização das lentes que compõem a objetiva dos sensores de imagem, as principais melhorias serão efetuadas pelo software. A propósito, temos o seu tweet.

Para o modelo Google Pixel 7 o módulo fotográfico pode ser (apenas) duplo com 50 MP + 12 MP com objetivas grande angular e ultra-grande angular, tal como na geração atual. Por outro lado, o modelo Pixel 7 Pro contará com um sensor adicional de 48 MP.

Podemos assim ter uma câmara tripla no modelo Pro, dotado de câmara com ampliação ótica da imagem (zoom ótico), ao passo que o modelo base abdicará deste módulo de 48 MP, mais uma vez, de acordo com as fugas de informação até ao momento.

We will most likely see the same optics on the Pixel 7/ 7 Pro that Pixel 6/ 6 Pro had.Sensors might get see some optimization, rest of the magic will be done by software

— Yogesh Brar (@heyitsyogesh) 14 de abril de 2022

Recordamos que os Google Pixel 6 usam um sistema de câmara dupla com 50 MP e estabilização ótica da imagem (OIS), com abertura focal de f/1,9. Tem também uma ultra grande angular de 12 MP com abertura focal de f /2,2.

Em suma, apesar de a configuração de câmara fotográfica não parecer extraordinária, no passado a Google não confiou apenas no hardware e componentes físicos para tornar as câmaras dos seus Pixel numa autêntica referência, sobretudo em fotografia noturna.

A câmara continuará a ser o ponto forte dos Google Pixel

Google Pixel 7

O modelo Google Pixel 7 poderá ter um ecrã de 6,3 polegadas com tecnologia AMOLED a 90 Hz. Por outro lado, o modelo Google Pixel 7 Pro terá um ecrã de maiores dimensões, possivelmente 6,7 polegadas com tecnologia AMOLED LTPO a 120 Hz.

Em ambos os casos os telefones Google continuarão a utilizar processadores Tensor, os chipsets (SoC's) de nova geração fabricados pela Samsung de acordo com os critérios estabelecidos pela gigante das pesquisas.

Google Pixel

Poderá, assim, a tecnológica norte-americana repetir a proeza com os Pixel 7 em 2022? Acreditamos que tal seja possível, sobretudo com os avanços na fotografia computacional auxiliados agora pelos novos chipsets Tensor.

Em suma, é provável que os próximos smartphones usem o mesmo hardware de câmaras fotográficas. Todavia, é altamente improvável que desiludam, sobretudo na área fotográfica, campo onde a Google se tem destacado positivamente.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com