Google Pixel 6a pode conquistar com este design

Bruno Coelho
Comentar

O ano de 2021 ficou marcado por uma grande transição no ramo mobile da Google. A empresa de Mountain View lançou os Pixel 6 e Pixel 6 Pro, que marcam a transição para os processadores Tensor desenvolvidos pela própria empresa.

Estes também representam uma mudança estética assinalável, com a ilha de câmaras traseiras a percorrer horizontalmente o topo de traseira. Agora que nos aproximamos de meados de 2022, surge a primeira grande fuga de informação sobre o Pixel 6a.

Alegada caixa do Pixel 6a foi revelada antes do lançamento

Este será o próximo gama-média que a Google vai lançar globalmente. Nas últimas horas, um exclusivo do site Techxine mostra a alegada caixa do terminal, que pode conquistar muitos utilizadores com este design.

Alegada caixa do Google Pixel 6a
Alegada caixa do Google Pixel 6a. Crédito: Techxine.com

Como podes ver pela imagem partilhada, o Pixel 6a deve manter o design iniciado pelos Pixel 6 e Pixel 6 Pro. No entanto, o módulo de câmaras traseiras parece ser menor e também mais fino que o dos topo de gama.

Segundo esta imagem, o Pixel 6a terá duas câmaras traseira e um flash LED. Recorde-se que os Pixel 6 e 6 Pro têm dois tons nas cores da traseira. Mas nesta imagem o Pixel 6a aparenta ser totalmente preto.

Esta fonte afirma que o smartphone terá um processador Tensor, desenvolvido pela própria Google. Resta saber se será o mesmo colocado nos anteriores Pixel 6 e 6 Pro. É ainda esperado com um ecrã AMOLED de 6,2 polegadas.

O smartphone deve ainda chegar com câmaras traseiras de 12 MP (principal) e 12 MP (ultrawide). Será lançado com Android 12L, e várias fugas de informação afirmam que terá uma bateria de 5000 mAh.

Não existe informação oficial sobre qual será a data de lançamento oficial do smartphone. Mas à semelhança de outros anos, esta pode acontecer já durante o próximo mês de maio. Em todo o caso, devemos olhar para esta fuga de informação com uma ‘pitada de sal'.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.