Google marca o fim do Chrome no Windows 7 para o início de 2023

Rui Bacelar
Comentar

A Google fez hoje saber que o seu navegador, Google Chrome, deixará de suportar o sistema operativo Windows 7 e Windows 8.1 da Microsoft já a partir de fevereiro de 2023. Para continuar a usar o browser mais popular do mundo terão que fazer o update.

Assim que o suporte oficial chegar ao fim, para estas duas versões antigas do sistema operativo da Microsoft a solução, única de acordo com a própria Google, será atualizar o SO. Ou seja, terão que atualizar pelo menos para a versão Windows 10.

Fim do Google Chrome no Windows 7 marcado para fevereiro de 2023

Chrome Windows 7 Google browser

Tal como refere o porta-voz da Google, com a disponibilização do Chrome 110, agendado para o dia 7 de fevereiro de 2023, chegará ao fim o suporte oficial para as versões supracitadas do sistema operativo da Microsoft para computadores. A decisão, acima transposta, foi anunciada nos canais de comunicação da própria Google.

Desse modo, os utilizadores que queiram continuar a usar o Chrome como navegador para a Internet nas suas máquinas terão que ter uma versão mais recentes do SO. Ou seja, ou escolhem outro navegador de Internet, ou atualizam o sistema operativo.

Importa frisar que a decisão de a Google cessar o suporte para estas versões do Windows coincide com a decisão da Microsoft, vertida no seu programa de segurança alargada para o Windows 7. Aliás, vai também ao encontro do término do suporte oficial da Microsoft ao Windows 8.1 agendada para o dia 10 de janeiro de 2023.

10% de todos os computadores continuam a usar o Windows 7 da Microsoft

Statcounter GlobalStats Windows 7
Popularidade da versão Windows 7 da Microsoft. Dados da Statcounter GlobalStats.

Podemos observar uma diminuta popularidade do sistema Windows 8.1 com cerca de 2,7% de quota de mercado. Porém, o sistema anterior, o Windows 7 continua bastante popular com 10% de quota de mercado em setembro de 2022.

Em simultâneo, o navegador Google Chrome continua a ser usado por mais de 65% dos utilizadores em todo o mundo. Já em segundo lugar está o Safari com 18%, seguido de longe pelo Edge da Microsoft com 4,32%.

Em suma, se querem continuar a usar o Google Chrome, terão mesmo que atualizar o sistema operativo. Caso contrário, para se manterem no Windows 7 ou Windows 8.1 terão que optar por um browser diferente.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt