Google Maps no smartwatch sem o smartphone Android? Já é possível com o Wear OS 3

Rui Bacelar
Comentar

O mês era agosto, já no seu término mas ainda repleto de novidades quando, durante o evento Samsung Unpacked dedicado aos smartphones dobráveis, ficamos a conhecer estas novidades da Google.

Muito em breve, prometia então a tecnológica norte-americana, não precisarão do smartphone Android para usar a navegação do Google Maps no vosso pulso.

Agora, o que era uma mera, mas cativante promessa, passou a ser realidade. Em alguns modelos de relógios inteligentes com a plataforma WearOS 3, desenvolvida pela Google e com o apoio da Samsung, já o podemos fazer.

Ou seja, para os modelos de smartwatch mais recentes já podem deixar o smartphone em casa e ter a navegação passo a passo no nosso pulso.

Já não precisamos do smartphone Android para usar o Google Maps

Temos assim, na prática, instruções pormenorizadas e com instruções para cada mudança de direção a serem apresentadas no nosso smartwatch, mesmo sem ter o smartphone por perto.

Porém, para que tal seja possível o smartwatch em si, necessita de ter ligação LTE (ligar-se às redes móveis) para apresentar esta navegação realmente independente do Android.

Wear OS 3 Android Google Maps smartwatch

A funcionalidade começa agora a chegar aos modelos de smartwatch compatível, com ligação às rede móveis LTE (eSIM).

É um poderoso recurso que nos permite, essencialmente, deixar o smartphone em casa quando precisemos apenas de usar o serviço de navegação do Google Maps no nosso relógio inteligente.

A medida anunciada recentemente pela Google, vem quebrar o tradicional paradigma em que a dependência dos smartphones Android era total. Seja para as aplicações acederem às informações de localização através do smartphone, ou para lhes dar acesso aos restantes dados e informações a serem apresentadas pelo relógio.

O que agora temos é, essencialmente liberdade plena, isto no que concerne à utilização do Google Maps a partir do smartwatch com Wear OS 3.

Wear OS 3 dá-nos liberdade total do smartphone para usar o Google Maps

Google Wear OS 3

Para os relógios com ligação LTE, as informações será recebida em tempo real e entregue aos utilizadores no seu pulso. Isto quer esteja a usar o Google Maps para navegar pelos mapas, para encontrar pontos de interesse ou a fazer pesquisas Google.

Porém, nenhuma informação será armazenada para usar offline, com todos os dados a serem atualizados em tempo real de modo a garantir uma melhor experiência de utilização e resultados.

Todo o processamento será feito pelo smartwatch com Wear OS 3

Google Wear OS 3

Visando assim libertar os utilizadores da dependência do smartphone Android, teremos efetivamente maior facilidade para usar os serviços de navegação da Google.

Atualmente, a tecnológica trabalha no sentido de maximizar a compatibilidade do seu serviço nos modelos de smartwatch suportados. Há também algum trabalho a ser feito no sentido de tornar mais estável a navegação passo a passo a partir do smartwatch.

O relógio precisa de ter ligação LTE

Em suma, é uma excelente novidade para quem tiver um relógio inteligente que suporte não só o sistema operativo Wear OS 3 da Google, como também tenha ligação de dados móveis.

Ou seja, o relógio pode ser independente do smartphone, mas carece, ainda assim, de uma ligação à Internet para obter os dados necessários à navegação e pesquisa, entre outras tarefas.

Por fim, caso tenham um dispositivo que suporte esta navegação, podem ativar a mesma através dos seguintes passos:

  • Abrir o Mapas da Google no Smartwatch
  • UIsar a voz ou o teclado para introduzir o destino. Também o podemos selecionar tocando no mapa.
  • Selecionar o modo de transporte - a partir daí ser-nos-á apresentado o resumo da viagem
  • Começar a navegação - caminhada, bicicleta, ou viagem de carro.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt